Do caderninho da mamãe – Bolo de cenoura com cobertura de chocolate, o legítimo

Estou com a foto desse bolo guardada faz um tempão, pensando se postava ou não postava a receita de bolo de cenoura da minha mãe. Porque né, nunca vi um caderno de receitas que não tivesse pelo menos uma versão desse bolinho tão comum, mas tão gostoso.

Daí, conversando com a minha amiga Lara, ela me conta que fez uma pesquisa pro trabalho e adivinha qual é a receita mais procurada no Google, minha gente? Sim, o famigerado bolo de cenoura. Quem diria, hein?

Pois é, não é todo mundo que tem um caderninho de mãe com essas receitas-conforto (eu sei que sou sortuda!).

Esse bolinho da mamãe é super fácil de fazer, bem econômico e bem tradicional, o legítimo bolo de cenoura com aquela cobertura de chocolate que açucara e fica molhadinha/crocante.

Se você não tem um caderninho de receitas de família, vai já na papelaria, compra um novinho, e pode começar o seu anotando essa receita, que é pra vida toda e pra deixar pros descendentes.

Bolo de Cenoura com Cobertura de Chocolate

  • 2 cenouras grandes descascadas e cortadas em rodelas
  • 1 xícara de óleo
  • 2 ovos
  • 1 1/2 xícara de açúcar
  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 1 pitada de sal
  • raspas de 1 limão

Para a Cobertura:

  • 1/2 xícara de açúcar
  • 2 colheres de sopa de chocolate em pó
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 3 colheres de sopa de leite

Preaqueça o forno a 180 graus. Unte  e polvilhe com farinha de trigo uma forma pequena de buraco no meio, ou uma assadeira retangular de 20 X 30cm.

Numa tigela grande, peneire juntos a farinha, o fermento e o sal.Reserve.

Bata no liquidificador a cenoura, os ovos, o óleo e o çúcar até não sobrar nenhum pedacinho de cenoura.

Junte esse creme à mistura de farinha de trigo reservada e misture muito bem com uma espátula ou fuet, até ficam bem homogêneo. Junte as raspas de limão. Não bata tudo no liquidicador em hipótese alguma – é aí que os bolos de cenoura costumam dar errado: o liquidificador superaquece com a massa pesada e o fermendo perde o efeito, fazendo o bolo solar.

Passe a massa para a forma preparada e leve ao forno por mais ou menos 30 minutos (na assadeira retangular vai mais rápido, uns 25 minutos. Na forma de buraco demora mais, uns 35 – 40 minutos). Faça o teste do palito, se sair seco está pronto.

Se for desenformar, deixe o bolo amornar por uns 30 minutos.

Prepare a cobertura com o bolo já assado:

Junte todos ps ingredientes numa panela pequena. Leve ao fogo até ferver, mexendo sempre – deixe fervendo por um minutinho e utilize imediatamente, despejando sobre o bolo morno.

Minha mãe dava umas furadinhas no bolo com um garfo, pra caldinha penetrar mais – eu respeito a sabedoria e faço igual.

Blogagem Coletiva – mini cheesecakes com calda de mirtilo

Assim começa uma blogagem coletiva: alguém fica com vontade de comer alguma coisa. Esse alguém está com tanta vontade de comer aquela coisa que comenta com um amigo blogueiro: “nossa, que vontade de comer __________ (preencha com qualquer comida)“. Daí, automaticamente o amigo que está no diálogo também fica com vontade de comer _________ e vai para o google procurar receitas. Nesse momento, mais um coleguinha blogueiro comilão que está passando por ali afirma que tem uma receita ótima para _________, e que também ficou com vontade de _________.

Nisso, mais dois ou três já estão também cas lombriga gritando só de ouvir falar em ____________, e depois de todos passarem o dia inteiro falando de como __________ é uma delícia, não resta mais nada a eles senão ir pra cozinha, fazer um delicioso ___________, fotografar  e blogar sobre ele. Ô povo esquisito.

No caso de hoje, o guloso que começou a cutucar as lombrigas com vara curta foi o Vitor (@pratofundo), e o ___________ foi cheesecake. E eu estava passando por ali, aí já viu.

* Outros cheesecakes:

Mini cheesecakes com calda de mirtilo – (adaptado do livro Martha Stewart’s Cupcakes) – rende 8 mini cheesecakes

Como só tinha 1 potinho de cream cheese, fui em busca de uma receita de rendimento pequeno – gostei muito do resultado, os mini cheesecakes ficaram bem cremosos, e num tamanho ideal para porções individuais.

Para a massinha de biscoito

  • 1/2 xícara do seu biscoito favorito moído (usei caseiros de chocolate, mas pode usar industrializado – recomendo os de aveia e mel, ficam ótimos também)
  • 1/2 colher de sopa de açúcar
  • 1 1/2 colher de manteiga derretida

Para o recheio

  • 200g de cream cheese em temperatura ambiente
  • 1/4 xícara de açúcar
  • 1 colher de café de essência de baunilha
  • 1 ovo ligeiramente batido
  • 1/4 xícara de creme de leite fresco

Para a caldinha

  • 1 caixinha de mirtilos
  • 100ml d água
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • gotinhas de limão

1. Faça a massa: preaqueça o forno a 180°C. Coloque forminhas de papel em uma assadeira para muffins, ou forminhas para empada.

Misture o biscoito moído com o açúcar e a manteiga derretida até virar uma farofa úmida. Coloque uma colher de sopa dessa mistura em cada forminha e pressione bem com uma colher. Asse por 10 minutos e deixe esfriar sobre uma grade.

2. Faça o recheio: abaixe o forno para 130°C. Na batedeira, bata o cream cheese até ficar cremoso. Junte o açúcar e a baunilha e bata bem para combinar e ficar homogêneo. Junte o ovo batido e bata mais um pouco, sempre raspando as laterais da tigela.

Junte o creme de leite e bata por mais um minuto.

Divida o recheio entre as forminhas preparadas com os biscoitos moídos pré-assados.  Pode encher quase até em cima, porque a massa não cresce. Asse por 20 a 25 minutos, até ficar firme nas laterais e ainda meio mole no centro.

Deixe gelar por 4 horas antes de dsenformar.

3. Para a caldinha, leve tudo ao fogo e deixe ferver, mexendo de vez em quando, até apurar um pouco. Prove e adicione açúcar se quiser. Deixe gelar.

Sirva com um pouquinho da calda.

É demodê? – Manjar branco com calda de jabuticaba

Sei lá porque, me deu uma vontade de comer manjar branco, e lá fui eu fazer um.

Daí pensei: será que manjar ainda é sobremesa que o povo gosta ou ficou fora de moda, hein? Fiquei curiosa e lancei a pergunta para os universitários amigos do Twitter. As respostas foram UÓTEMAS: manjar não é fora de moda, é vintage; na verdade, é sobremesa chic, porque é uma panna cotta rancheira; não existe comida fora de moda, existe comida boa e ruim.

E começou uma avalanche de lembranças de comidas que não se usam mais, ou que um dia foram chiquéeeeerrimas e hoje são totalmente demodê: coquetel de camarão, pavê, estrogonofe, sanduichinho de carne louca, gelatina salgada e a campeã, a melhor, a inesquecível…

BIRIBA!*

*foto gentilmente afanada da amiga Luciana Betenson

E como disse uma outra amiga virtual outro dia desses, você percebe que a idade está avançando quando é testemunha ocular da ascensão e queda do tomate seco e vê o petit gateaux passar de iguaria de luxo a sobremesa do Giraffa’s.

E vocês, se lembram de alguma comida que ficou demodê?

Manjar Branco com Calda de Jabuticaba (rende 5 pudinzinhos) - a calda foi inspirada pela receita de geléia do blog Panela de Cobre

Estava com vontade de comer manjar, mas não tinha ameixas pretas em casa. Mas tinha, graças à jabuticabeira carregada da minha cunhada Aniela, um sacão de jabuticabas bem maduras e gordinhas. Pra virar calda foi um pulo.

Ingredientes do manjar:

  • 1 vidro de 200ml de leite de coco
  • 300ml de leite integral
  • 2 colheres de sopa de maizena
  • 1/4 de xícara de açúcar refinado
  • 1/4 de xícara de coco fresco ralado (opcional)

Ingredientes da calda:

  • 500g de jabuticabas maduras
  • água
  • açúcar cristal

Prepare o manjar: Dissolva a maizena em um pouquinho do leite. Molhe forminhas de pudim, ramequins ou uma forma de muffins e reserve.

Misture todos os ingredientes em uma panela e leve ao fogo médio, mexendo sempre até ferver e engrossar. Deixe cozinhar por uns 5 minutos após a fervura, sem parar de mexer para não empelotar. Divida a mistura entre as forminhas previamente molhadas, deixe esfriar e leve à geladeira por pelo menos 4 horas. Desenforme nos pratinhos para servir.

Prepare a calda: Coloque as jabuticabas em uma panela e esmague com as mãos, para estourá-las. Adicione água suficiente apenas para cobrir as frutas e leve ao fogo alto. Ferva por 15 minutos, até obter um caldo bem roxo.

Retire do fogo e coe, sem apertar muito, reservando o caldo numa tigela. Descarte os sólidos.

Pese o líquido obtido e junte o mesmo peso em açúcar cristal. Volte para a panela e leve ao fogo até levantar fervura. Deixe cozinhar por mais ou menos 5 minutos, desligue o fogo e passe para um vidro limpo. Tampe ainda quente e guarde em geladeira, por até uma semana. Sirva sobre o manjar.

O café da manhã ideal – waffles com calda de morango

No meu mundo ideal, não haveria guerras, todos teriam TV a cabo grátis e todas as refeições seriam café da manhã.

Eu amo café da manhã, apesar de quase nunca conseguir mais do que dez minutos para sentar e engolir alguma coisa antes de começar meu dia. Quando eu comprei (na verdade ganhei da minha sogra) meu aparelho de waffles, sinceramente achei que ele fosse entrar em atividade mais vezes por aqui – mas ele acaba saido do armário só em manhãs preguiçosas de domingo, quando todo mundo acordou junto e bem disposto, sem preguiça de ajudar a fazer bagunça.

Eu sei que nem todo mundo tem aparelho de waffle, então coloco aqui também a receita de uma calda de morangos de microondas bem facinha e gostosa, que acompanha super bem panquecas, crepes, sorvetes – até um bolinho simples de baunilha brilha mais com ela.

Waffes (essa receita veio junto com meu aparelho de waffles, mas é bem boa)

  • 1 3/4 xícara farinha de trigo
  • 2 colheres de chá de fermento
  • 1/2 colher de chá de sal
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 3 ovos (claras e gemas separadas)
  • 1 1/2 xícara de leite
  • 1/2 xícara de óleo de canola
  • essência de baunilha

Misture os ingredientes secos (farinha, fermento, sal e açúcar) numa tigela grande.

Em uma tigela pequena, misture bem as gemas, o leite e o óleo.  Bata as claras em neve.

Junte a mistura de leite e gemas aos ingredientes secos e misture bem. Junte as claras em neve e incorpore delicadamente.

Pincele manteiga derretida no aparelho de waffle e proceda confrome instruções do fabricante. Sirva imediatamente ou congele por até 6 meses.

Calda de Morangos de Microondas

  • 400g de morangos, lavados e sem as folhinhas
  • 100g de açúcar (ou mais se gostar mais doce)

Num recipiente alto de vidro, misture os morangos e o açúcar. Leve ao microondas em potência máxima por 1 minutos, misturando bem na metade do tempo. Vá repetindo esse processo até o açúcar de dissolver e uma calda tiver se formado. Sirva morna ou em temperatura ambiente. Pode ser conservada em geladeira por uma semana.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 960 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: