Pudim de Nozes da Cintia

pudim de nozes

A história de hoje é a seguinte: perto do natal apareceu um post no facebook de uma amiga pedindo a receita de um tal pudim de nozes pra uma amiga dela. Cometi a indiscrição de dar uma fuçada nos comentários pra ver que receita era essa por motivos de: PUDIM + NOZES. A amiga falou que ia procurar e fui fazer outra coisa, acabei esquecendo da história.

Só que o facebook é aquela coisa do algoritmo sem noção – clicou uma vez num negócio pode ter certeza que esse assunto dominará sua timeline por várias gerações. Exemplo: uma vez eu pesquisei preços de sofá, comprei um sofá, já até manchou o sofá, já acabei de pagar as 12 prestações do sofá, e até hoje o facebook não superou e me recomenda páginas sobre sofás.

Pelo menos o Markinho Zuquerbergue teve alguma noção de que aqui o negócio é comida e dessa vez minha TL obcecou com pudins e toda hora aparecia uma referência sobre esse pudim de nozes. A Alessandra (a amiga que pediu a receita) fez e postou a foto, daí outra amiga dela aguou e fez também, só sei que esse pudim apareceu umas 80 mil vezes na minha frente e eu, óbvio, não pude mais ignorar esse sinal do além.

Fui investigar e descobri que a dona do pudim é a Cintia Marcucci – na verdade a receita foi passada há mais de 20 anos por uma conhecida da mãe dela (você pode ler a história completa aqui no blog dela) e ,vejam bem, qualquer receita com mais de vinte anos sendo passada de mão em mão pra mim tem selo de garantia de sucesso.

E olha, podem fazer viu. Aproveitem aí o próximo almoço de família, pizza em casa com os amigos, jantar de aniversário e façam o pudim de nozes mais famoso do feicy – ele é do tipo sem furinhos, mais pro doce e o sabor bem suave, já que o creme de chocolate separa das nozes moídas e fica tipos duas texturas distintas em uma só fatia. E como disse a Cintia, o que é gostoso a gente precisa dividir, então segura aí a receita – e o meu desejo de um lindo ano novo pra vocês <3 <3 <3

Pudim de Nozes da Cintia (rende 1 pudim de mais ou menos 10 fatias)

  • 2 latas de leite condensado
  • 200ml de leite
  • 2 ovos
  • 1 xícara (120g) de nozes picadas
  • 1 colher de sopa de chocolate em pó
  • 1/4 de xícara de açúcar para caramelizar a forma

Preaqueça o forno a 200 graus com a grade na parte mais baixa. Prepare uma assadeira grande com água quente para o banho-maria. Caramelize uma forma de pudim pequena (entre 16 e 20cm de diâmetro) e reserve.

Triture as nozes no liquidificador e junte os demais ingredientes. Bata até ficar uniforme, passe para a forma caramelizada e cubra com papel alumínio. Asse até um palito sair seco – no meu forno ficou mais de uma hora. Cuidado para não secar a água do banho maria, fique de olho e vá completando se baixar.

Deixe esfriar um pouco e leve à geladeira por pelo menos 6 horas para desenformar. Decore com nozes e sirva geladinho.

fatia pudim de nozes

Presente da cozinha – fudge super fácil de caramelo, chocolate e flor de sal

IMG_4554

Outro dia minha amiga Paula Simões me apareceu com esses fudges.

Provei um pedacinho e me apaixonei – caramelo, chocolate e sal, na minha opinião, é a combinação mais espetacular que já foi criada na confeitaria. Infelizmente eu bobeei e quando fui procurar onde estavam os docinhos eles já tinham todos desaparecido, e eu fiquei pensando que aquela deliciosidade devia dar o maior trampo pra fazer e chorei um pouquinho por dentro.

Dias depois pedi a receita prazamiga, apenas por curiosidade.

Para a minha felicidade azamiga não é boba nem nada – achou a receita de doce mais fácil de toda a rede mundial de computadores, mais conhecida como internets. Talvez até a receita mais fácil do mundo.

E nesses tempos de vacas magras, esses fudges embalados numa bela lata servem de presente de natal pra qualquer ente querido que aprecie um bom doce.

Fudges de caramelo, chocolate e flor de sal super fáceis (adaptados daqui) – rende 24 unidades

  • 500g de chocolate branco picado
  • 1 lata de leite condensado cozido na pressão por 40 minutos, ou o equivalente em doce de leite pronto (395g)
  • 150g de chocolate meio amargo picado
  • 30g de manteiga sem sal
  • flor de sal a gosto

Forre com papel alumínio uma forma quadrada de 20cm. Numa tigela resistente ao calor, derreta o chocolate branco no microondas em intervalos de 30 segundos, na potencia média. Junte o doce de leite e uma pitada gordinha de flor de sal e misture bem até ficar homogêneo. Vai se formar uma pasta pesada. Passe a mistura para a forma forrada e espalhe com as mãos.

Derreta o chocolate amargo com a manteiga no microondas em intervalos de 30 segundos, potencia média. Quando ficar brilhante e homogêneo, espalhe sobre a primeira mistura de doce de leite. Polvilhe com mais flor de sal, a gosto.

Deixe endurecer em temperatura ambiente (vai levar umas 6 horas) e corte em pedacinhos. Pode também endurecer na geladeira, mas quando tirar pode acontecer de se formarem gotinhas de água na superficie.

Para aumentar a durabilidade, substitua essa cobertura por chocolate temperado.

IMG_4595

 

 

Let’s waffle it – waffles de fubá

IMG_0101

Tenho usado demais minha máquina de waffle – já testei com pão de queijo caseiro, pão de queijo congelado do supermercado,  massa de cookie, sanduíche de presunto e queijo, massa de pão crua, cinammon roll, massa de bolo e até para esquentar waffle congelado comprado pronto. Nem tudo é um sucesso, admito, mas tem algo […]

[Continue reading...]

Hmmmm, rosquinhas … – donuts assados com açúcar e canela

baked doughnuts

Eu tenho um sonho na vida que é o seguinte: ganhar na Mega Sena e entrar numa daquelas lojas de material para confeitaria enormes dos Estados Unidos. Não adianta comprar pela internet, eu queria ir lá, na loja física, pegar um carrinho e brincar de programa Supermarket. Infelizmente esse dia ainda não chegou, então a […]

[Continue reading...]

As profissões mais importantes do mundo – mousse de chocolate da Simone

IMG_4240

Tenho uma amiga, produtora de TV, que namorava um médico. Muitas vezes ela tinha de trabalhar aos finais de semana, ou à noite, e o namorado médico ficava zangadíssimo, sem entender porque ela tinha que dedicar tanto tempo a uma profissão tão sem importância. E a coitada nem conseguia se defender direito, porque ele logo […]

[Continue reading...]

Fim de férias (thank god) – pudim de pão de mel

pudim de pão de mel

  Poucas coisas na vida exigem mais imaginação do que férias escolares de criança pequena. Adoraria poder passar o mês de julho num lindo hotel fazenda cheinho de monitores ou ir pra praia o mês inteiro, mas infelizmente esse ano não deu. Foi gostoso passar bastante tempo com a menininha, inventando passeios e descobrindo a cidade, mas teve […]

[Continue reading...]

Receitas de Família – bolo preguiçoso de laranja

bolo de laranja

Aqui em casa tenho uma boa quantidade de livros de receita – não tantos quanto alguns amigos blogueiros (alô Pat, alô VH!), mas com certeza mais que pessoas normais que não trabalham com cozinha. Às vezes eu olho pra estante e penso que talvez se fizesse uma receita por dia pro resto da minha vida […]

[Continue reading...]

Sobre futebol, derrotas e um bolo de morango pra consolar

Bolo de Morango

Entento pouquíssimo de futebol. Faz anos que parei de assistir os jogos do meu time. Fui a um estádio ver jogos duas vezes na vida, um deles para ver a seleção brasileira ganhar numa eliminatória de Copa do Mundo. Então, com o perdão de vocês que vem aqui pra ver as receitas, hoje eu vou dar […]

[Continue reading...]

Pipoca doce caramelada (sem pipoqueira)

IMG_3975

  Outro dia fui comprar um saquinho de pipoca na porta da escola da filha e, já com o saquinho na mão, perguntei quanto era, caçando as moedinhas dentro da bolsa. A resposta: CINCO REAIS SINHÓRA. Oi? Cinco reais por um saquinho de pipoca murcha? Os pipoqueiros agora passam cartão de crédito? A pipoca é “gourmet”? […]

[Continue reading...]

Crème Brûlée – receita para o solitário (ou egoísta)

IMG_3898

  O amor por essa receita já começou bandido – dei de cara com ela num livro de receitas que estava folheando numa livraria. O nome da receita: CRÈME BRÛLÉE FOR ONE. O livro era lindo, cheio de fotos maravilhosas, mas… Custava carésimo e eu estava dura. Eu precisava desse crème brûlée. Precisava. Ele seria só […]

[Continue reading...]
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.184 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: