Cupcakes Tres Leches – A Taste of Yellow

tres leches-cupcakes_B

livestrong

Esses cupcakes amarelinhos foram feitos com carinho, para receber amigos muito queridos na minha casa, para um divertido jantar mexicano. E eles também vão me ajudar a falar de uma coisa muito importante.

Eu nunca imaginei que o câncer chegaria perto de alguém que eu amava, mas ele chegou. Devagarinho e sem fazer barulho.

Minha mãe era uma mulher ativa, bonita e divertida, e aos 62 anos, foi diagnosticada com câncer de pâncreas. Lutamos juntas por seis meses, sem nunca perder o otimismo e nem a esperança – infelizmente ela não resistiu. Nessa dolorosa jornada, me senti às vezes muito só, mas recebi também muito apoio dos meus familiares, amigos e até de desconhecidos.

Por isso esses cupcakes amarelinhos são a minha contribuição para esse evento tão bacana da Barbara, ela mesma uma paciente de câncer, do blog winosandfoodies.com, . O A Taste of Yellow é uma forma do pessoal dos blogs de comida apoiar o LiveStrong Day, um dia para todos mostrarmos nosso apoio aos que sobreviveram à doença e aos que ainda estão batalhando.

tres-leches-cupcakes

Cupcakes Tres Leches (adaptado daqui)
– rende 20 cupcakes

Esses cupcakes são inspirados na tradicional sobremesa latina Pastel de Tres Leches (os três leites são o leite condensado, o creme de leite e o leite evaporado que umedecem ao bolo).

Agora, sério: vocês têm que fazer porque são uma delícia.

A massa é um pão de ló amarelinho super leve, que fica bem molhadinho com a calda de tres leches. O sabor é bem suave, e a nuvem de creme chantilly complementa divinamente. Desmancha na boca.

Para o bolo e a calda

  • 6 ovos grandes, gemas e claras separadas
  • 1/4 colher de chá de bicarbonato de sódio
  • pitada de sal
  • 1 xícara de açúcar
  • 1/2 xícara (100g) de manteiga derretida (espere esfriar antes de usar)
  • 1/2 xícara de farinha de trigo, peneirada
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 lata de leite evaporado (como não tinha, coloquei 1/4 de xícara de leite integral)
  • 3/4 xícara de creme de leite fresco

Para a cobertura

  • 2 xícaras de creme de leite fresco bem gelado
  • 1/4 xícara de açúcar de confeiteiro
  • canela em pó

1. Preaqueça o forno a 160°-170°. Coloque forminhas de papel no° 0 em formas para muffin ou empada grande.

2. Bata na batedeira as claras, bicarbonato e sal até ficar em ponto de neve, com picos fofos. Batendo sempre, junte as gemas, uma por vez, seguidas do açúcar. Bata até ficar homogêneo. Desligue a batedeira e junte a manteiga, e misture delicadamente com uma espátula grande. Junte a farinha em quatro adições, incorporando gentilmente até ficar homogêneo. Cuide para não mexer demasiado, senão o ar da massa vai embora e pode ficar um bolo pesado.

3. Divida a massa igualmente entre as forminhas, enchendo até a metade. Asse até dourar, mais ou menos 25 minutos. Retire do forno e faça vários furos nos bolinhos com um palito. Reserve.

4. Numa tigelinha, misture o leite evaporado, leite condensado e creme de leite. Com os cupcakes ainda nas formas de muffin, pincele a mistura de leite na superfície dos bolinhos, repetindo até que todos o creme tenha sido usado. Cubra as formas com plástico ou papel alumínio, e deixe na geladeira por pelo menos 30 minutos ou até o dia seguinte. Deixe em temperatura ambiente para servir.

5. Na hora de servir, bata o creme de leite da cobertura em ponto de chantilly (deve montar em picos suaves) e misture o açúcar de confeiteiro. Distribua porções desse chantilly sobre os bolinhos e polvilhe canela em pó a gosto.

tres leches-cupcakes2

Anúncios

42 comentários

  1. Carol diz:

    Ai amiga, sei bem oque é isso. Meu pai teve na garganta e foi um periodo terrível. Mas graças a Deus hoje ele está bem e saudável. Me emocionei com seu post pois lembrei dos dias de aflição. Seu apoio é lindo e me orgulho de pessoas que usam seus blogs para divulgar tais projetos e não só se glorificar. Adoro aqui. Beijo enorme.

  2. yanna diz:

    Estao lindos os cupcakes e a iniciativa. Moro no Chile e vendo muitas tortas 3 leches, mas com merengue italiano em cima em vez de chantilly.Sou apaixonada pelo cake decorating, sou chef de cozinha e trabalho com doces, acúcar…Apesar disso e já que se está falando de cancer, talvez fosse bom que a gente dos blog de cozinha criassimos também uma campanha de receitas doces, mas saudáveis, com mel, melaco, graos integrais, sementes e obviamente que sejam muito gostosas para acabar com o preconceito de que essas receitas naturais nao sao saborosas. Porque a verdade das coisas é que uma forma de ajudar a evitar essa doenca tao ruim que afeta a tantas pessoas é comecar a mudar um pouco a alimentacao (evitando o “fundamentalismo” nutricional obviamente), diminuir um pouquinho o acúcar e aumentar a fibra, essa mudanca tem uma importancia tao grande e seus beneficios tao valiosos que vale a pena o esforco.
    Muitos beijos,
    Seu blog é muito bom, continue com ele!

      • thecookieshop diz:

        Mara, bolos tipo pão de ló precisam que os ovos sejam super bem batidos e aerados, para crescerem muito, já que essa será a única forma de sustentação do bolo. E na hora de incorporar outros ingredientes, tudo deve ser feito muito delicadamente para o conjunto não perder o volume. Tirar o bolo do forno antes da hora também faz pão de ló murchar e vira tudo um omeletão.
        É normal, no entando, bolos desse tipo darem uma murchadinha,mas sem perder totalmente a estrutura. Me fale mais sobre como vc preparou a receita: mudou alguma coisa? Demorou muito para colocar a massa nas forminhas? A massa crua estava bem fofa ou ficou meio líquida ou separou? Mediu e pesou os ingredientes em utensílios próprios (xícaras e colheres medidoras, etc)?

        bj
        Paula

      • Mara diz:

        OI Paula..obrigada pela atencao e carinho e desculpa a demora em responder-te. A massa crua ficou super liquida e separou. Demorei para colocar a massa nas forminhas, afinal de contas eh delicado o processo..(rs). Qto as medidas, penso que fiz certo,pois tenho medidores. Somente lembro que a manteiga estava morna quando a usei. Mexi com calma. Estranhei a quantidade de trigo, eh isso mesmo? No dia estava soper anciosa pra ver o resultado…e foi frustante..rs. Nao tive tempo de refazer…me confirma se as medidas estao corretas…e me de umas dicas, se nao for abusar de tua grande bondade!!!
        UM abraco grande e viva o Brasil….foi dificil gritar contra o Chile no meio de tantos chilenos…mas valeu a pena a experiencia…
        Beijos,
        Mara

  3. Paulete,
    Ficam agora as boas lembranças….
    Já passamos por situações desta, infelizmente, minha sobrinha de 24 anos, não sobreviveu, foi uma lástima…é uma doença terrível.
    Estou numa fase de cup cakes, adorei estes que vc fez, se tiver um tempo veja os meus, fiz recentemente…por acaso vc tem e-mail? pode me passar ou deixar no meu blog???
    fica bem viu…
    bjs
    Paula Pacheco

    • thecookieshop diz:

      Paula, quando a pessoa é jovem ficamos ainda mais atônitos com a estupidez dessa doença, né?
      Eu vi seus cupcakes, ficaram muito fofos!
      O meu email está na barra da direita do blog, se vc precisar.
      bj

  4. Paula Lima diz:

    Paula, é uma luta muito difícil mesmo essa do cancer… perdi meu pai há 7 anos. Mas a nossa dor é só nossa e só vc sabe o que está passando… por isso só tenho a lhe desejar é PAZ, muita paz e saúde pra passar por esse momento e continuar sua linda vida, com sua família e pra continuar fazendo a sua arte, pois vc é muito talentosa! Belos cup-cakes esses. Vou tentar fazer e depois vou conhecer melhor essa Fundação.
    Beijos, Paula

  5. Querida, a minha mãezinha também foi embora por causa desta doença maldita, aos 32 anos de idade. Sinto sua falta diariamente, mas sempre tento manter uma atitude positiva – há dias em que tenho raiva do mundo, mas depois passa.

    Seus cupcakes estão lindos e já desisti de fazer esta receita diversas vezes por causa do leite evaporado. Vou usar a tua substituição.

    Beijos!

    • thecookieshop diz:

      Pat, só posso imaginar o que vcs passaram tão novinhas com a sua mãe. É tudo muito sem explicação e dói mesmo, bastante. Mas é bom saber que não estamos sozinhas – pode contar comigo sempre que quiser.
      bj
      Paula

  6. Querida Paula, fiquei muito emocionada ao ler teu post – imagino como voce sofreu com a perda da tua maezinha. Muito linda esta iniciativa! Ja’ perdi varios familiares com esta doença, estou sempre fazendo exames preventivos, meu irmao também teve, mas graças a Deus se curou. Que Jesus possa preencher teu coraçao com muito conforto!

    Nunca fiz cupcakes e tua receita me inspirou, parece que desmancha na boca.
    Abraços fraternais
    Léia

  7. Ameixinha diz:

    É uma iniciativa louvável. O meu avô materno morrei com cancro no pâncreas também! O meu pai chegou ontem do hospital pois foi operado à próstata também. Acho que, infelizmente, todos temos familiares e amigos que passam por isto!
    Esses cupcakes devem ser absolutamente deliciosos 🙂

  8. Paula,

    Sinto muito pela sua mãe…linda sua iniciativa, belo sinal de que a vida continua e ficam as boas lembranças!
    Visitei sua lojinha virtual, está linda e tenho certeza de que logo, logo terá a física tbém!
    Sempre digo que sonhos e fé não custam nada e formam a base para chegar aos nossos objetivos!
    bjsss

  9. Carmo diz:

    Olá Paula, muito bonitos, estes cupcakes, quando falas em creme de leite, deve ser aquilo que aqui em Portugal vulgarmente chamamos natas? serà?
    Tenho andado por aqui e estou toda babada, o teu blogue é lindooo e tem doces que devem ser realmente deliciosos, só de ver já dá vontade de comer tudo.
    Resolvi comentar neste post, porque também eu perdi a minha mãe com cancro no pancreas depois de uma luta inglória de 6 meses.
    Beijo grande, vou voltar e ver se aprendo alguma coisa aqui ;DD

    • thecookieshop diz:

      Oi, Carmo, muito obrigada pelo seu comentário.
      Fico muito feliz por você estar gostando do blog, espero que você volte sempre!
      O creme de leite fresco são as natas de Portugal, às vezes eu esqueço de traduzir do “brasileiro” para o português…:)
      Um beijo.
      Paula

  10. Nanny diz:

    Essas suas receitas de cupcake são de apaixonar
    quero experimetar todas q achar por aki
    mais vou começar por essa ;P
    aki em casa, perdi um tio há uns anos atras
    em concequencia de cancêr tb, é mto triste
    mais pequenas coisas nos fazem superar
    e olhar pra frente sempre!!
    abraaços

  11. aleck batista diz:

    amei seu blog, vi hj no jornal e gravei o nome e no site de busca encontrei seu blog, muito legal gostei muito, tbm amo cozinhar, crochetar e tbm tem um blog o alecktavaresarteanto.artblog com.Parabens. Bjs e ate mais.

  12. Vanessa diz:

    Olá
    Vi uma repostagem sua na Band e adorei tudo. Vou fazer a festa de dois anos da minha filha sábado que vem, 27, e gostaria de uma dica sua de qual cobertura seria mais apropriada para colocar nos cupcakes, considerando que a festa vai ser ao ar livre. Pensei em mashmellow mas tenho medo que estrague… Agradeço desde já e parabéns pelo trabalho.

  13. Pingback: Faça você mesmo: Massa Folhada « The Cookie Shop

  14. Thaís diz:

    Bom dia Pula, tudo bem?
    tenho acompanhado seu site e gostado bastante!
    Ontem tentei fazer essa receita de cupcake, mas fiquei confusa num certo momento…. não vai fermento no bolo????
    Qdo estava terminando de bate-lo, fiquei preocupada: e agora? e se eles não crescerem? o que faço?? hehehhe!!
    na duvida, acabei colocando uma colherzinha bem pequena de fermento…. mas restou a incerteza: Será q. vai ou nao o tal fermento?
    Por favor, me libere dessa indecisão..!!!! hehehhe!!
    De qq. maneira, parece q. ficaram bem suaves. Só experimentei um e estava bom, e os outros ainda estão na geladeira com o meladinho em cima… vou servir hj a noite!
    Aguardo…
    abraços!
    Thaís

    • thecookieshop diz:

      Oi, Thaís!
      Nessa massa realmente não vai fermento, os ovos batidos dão conta de aerar bem o bolo. Esse pouquinho de fermento que vc colocou não deve prejudicar em nada o resultado final, pode ficar tranquila. Espero que você goste!
      bj
      Paula

  15. Fabiana diz:

    Nossa!!! Adoro o seu blog , estou sempre navegando mas nunca deixei uma mensagem, mas hoje resolvi deixar.Parabéns, dá para sentir o carinho e a dedicação!!!!
    Bjs

  16. Pingback: Massa Folhada | Receitas & Segredos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: