Tortinhas de maçã da Branca de Neve

Quem tem filho pequeno sabe: é bom escolher com cuidado os filmes e desenhos que vai colocar, porque você estará fadado a assistir junto com ele o bendito quatrocentas milhões de vezes por dia, todos os dias, por meses a fio. Porque tem que ser junto, não adianta colocar o filme e tentar VAZAR porque não rola.

Nesse exato momento, por exemplo, isso está acontecendo aqui em casa com os filmes das princesas da Disney – mais especificamente, o DVD da Branca de Neve está sendo FURADO de tanto uso.

A pequena assiste feliz, até a hora em que aparece a bruxa com a maçã envenenada. Fiquei até com medo dela desistir da fruta, mas o fenômeno curioso foi um aumento no consumo de maçãs aqui em casa.

Com tantas maçãs circulando por aqui, e estando tão lindas quanto as da bruxa, já que estão na época, não resisti e roubei algumas para fazer essas tortinhas, que são diabolicamente deliciosas.

Tortinhas de maçã – da revista Martha Stewart Living (rende 8 tortinhas)

Para a massa

  • 1 xícaras de farinha de trigo, e mais para a superfície de trabalho
  • 1 / 2 colher de chá de açúcar
  • Sal
  • 100g de manteiga sem sal gelada, cortada em pedaços pequenos
  • 1 / 4 de xícara de água gelada

Para o recheio

  • 2 maçãs Granny Smith ou a outra maçã firme (eu usei Gala)
  • 1 / 4 xícara de açúcar
  • 2 colheres de sopa de farinha de rosca, de preferência feita na hora
  • 1 colher mais 1 1 / 2 colheres de chá de Calvados ou outro brandy de maçã
  • 1 colher de chá de suco de limão fresco
  • 1 colher de chá de farinha de trigo
  • Sal

Para a montagem

  • 3 maçãs Granny Smith ou outra maçã firme (também usei Gala)
  • 2 colheres de chá de suco de limão fresco
  • 4 colheres de sopa de manteiga sem sal, derretida
  • 3 colheres de sopa de açúcar
  • 1 / 4 xícara de geléia de damasco, aquecida e peneirada (Eu usei geléia de maçã nas minhas)

Faça as massinhas:

No processador, ou numa tigela grande, misture a farinha, açúcar e meia colher de chá de sal. Adicione a manteiga, e pulse (ou esfarele com as pontas dos dedos) até que a mistura se assemelhe a uma farofa grossa com alguns pedaços maiores.

Regue com a água uniformemente sobre a mistura. Pulse (ou misture com um garfo) até a massa começar a se juntar (não deve estar molhado ou pegajoso, nem seco demais). Pressione a massa em um disco e embrulhe em plástico. Leve à geladeira por 30 minutos.

Numa superfície polvilhada com farinha, abra a massa gelada na espessura que desejar (eu gosto fininha). Corte rodelas um pouco maiores que as forminhas de torta e pressione a massa no fundo e nas laterais das formas, deixando uma sobra para fora, e remende os furos ou rasgos. Apare o excesso de massa usando uma faca, e deixando bem rente à bordinha da forma. Leve à geladeira até que fique firme, pelo menos  uma hora. Enquanto isso, pré-aqueça o forno a 180 graus.

Faça o recheio:

Descasque e tire o miolo das maçãs e corte cada uma em 8 gomos. Misture com açúcar, farinha de rosca, Calvados, suco de limão, a farinha e uma pitada de sal. Espalhe tudo em uma assadeira e leve ao forno por 20 minutos. Vire as maçãs e asse até estarem muito macias e caramelizadas em torno das bordas, entre 15-20 minutos. Raspe em uma tigela, e amasse com um garfo até virar um purê. Deixe esfriar.

Monte as tortinhas:

Corte em quartos e tire os miolos das maçãs. Usando uma faca afiada ou uma mandoline corte fatias bem fininhas e misture com o suco de limão. Espalhe 2 colheres de purê de maçã nas massas das tortinhas.Arrumeuma camada de fatias de maçã, pincele com manteiga derretida e polvilhe metade do açúcar. Faça outra camada, pincele manteiga e polvilhe com o restante do açúcar. Asse até dourar as maçãs em torno das bordas, cerca de 1 hora e 5 minutos. Pincele com a geléia para dar brilho. Deixe esfriar um pouco, retire das forminhas e sirva.

* A linda luva usada nas fotos está à venda na loja virtual da Ana Sinhana, ou sob encomenda.

30 comentários

  1. Gina diz:

    Paula, essa história me fez lembrar de quando minha filha era pequena e assistia tanto os mesmos desenhos, que repetia as falas junto com os personagens…
    Tortinhas de maçãs são irresistíveis.
    Bjs.

  2. Tô quase me oferecendo para ver a Branca de Neve com a pequetita só pra comer uma tortinha dessas… :)

    Lindas, Paula!

    Quando a Jéssica era pequena gostava de ver uma fita que meu irmão havia gravado dos Mamonas Assassinas no Programa Livre – nada pedagógico, eu sei, mas ver aqueles tontos com roupas listradas de preto e branco pulando e se jogando no chão acalmava a criança… :)

  3. Edna diz:

    Nossa que delícia, eu acabei de postar em meu blog os seus biscoitinhos eu amei faze-los e agora estas tortinhas já encheram meus olhos e minha boca; é!, da até pra salivar com estas imagens rrsssrrss. Bom vou ter que fazer né, não tem outro jeito.
    Beijos
    Edna

  4. Ameixinha diz:

    Lembro-me de assistir aos filmes “A Bela e o Monstro”, “Bamby” e “Alladino”” muitas vezes mas era por causa das músicas :) Ficavam no ouvido he he
    Torta de maçã faz parte da minha vida, não há como não gostar!

  5. Daniela diz:

    Hahahahaha!!!! Crianças são sempre iguais! ainda não tenho filhos, mas como eu e a minha irmã temos 18 anos de diferença, sei bem como é isso… O filme que ela mais viu foi Nemo, todos já sabíamos as falas de cor! Agora que ela já está com 9 anos não exige companhia para ver os filmes, mas continua vendo duzentas vezes o mesmo filme (agora ela tá na fase do Alice)…
    Adorei as tortinhas, adoro tortinhas de frutas!!
    Beijinhos
    Dani

  6. noelle diz:

    hehehe, adoro usar ‘desculpas’ de desenhos prar cozinhar, o Francisco vive me pedindo pra fazer bolo de desaniversário!! Agora essa torta de maçã vai entrar pra minha lista também! ;D

  7. Diabólico é eu ler (e ver, pior ainda) esse post delicioso 2:33 da manha. Muita fome e nenhuma disposição nen pra levantar e ir na geladeira pegar uma maçã. Aliás adoro tortinha de maçã. Lembram mesmo a infância. Por quê será que toda mãe dá muita maçã pros filhos? Minha mãe me entupia! Enfim… (procura um analista) auhauha Bjao Paula!

  8. Adri diz:

    ain, q saudade da heleninha!
    eu tmb dobrei o consumo de maçãs qdo vi a branca de neve… hahahaha… e não podia ser qlqr maçã, tinha que ser aquela argentina bem vermelhona!

  9. Teve uma época em que a gente não podia chamar a Bia pra nada, pois ela só respondia se a gente gritasse: “Branca de Neve, vem almoçar”!
    Era esse filme 5, 10 vezes por dia!
    Mas, sabe, depois passa e dá uma saudade… bem melhor do que ter que correr pra levar e buscar na balada, te garanto!
    E a luva… puxa, fico tão feliz de ver minhas crias em cozinhas tão especiais assim… a sua, a da Lu…
    Ai, *suspira*, mãe orgulhosa!
    Bjs saudosos,
    Ana

  10. Amanda diz:

    Oiii , eu admiro muito o seu trabalho , você é uma verdadeira artista hahahahah
    simplesmente aguça ainda mais nossos paladares , está de parabéns!!
    mas gostaria de saber que marca e que número da câmera que você usa , porque as imagens são muito nítidas , muito boa … ficarei agradecida em saber :)
    beijos e muito sucesso pra ti .

  11. A história é hilária. Minha mãe relata o mesmo que você. Nós (eu e meu irmão) praticamente a traumatizamos. rs
    A tortinha é uma graça. Achei muito boa a receita. Devidamente anotada para ser preparada.
    Bjs. Bom final de semana

  12. Marly diz:

    Pois é, dizem os entendidos que as crianças pedem tanto o repeteco das estórias, porque isso tem a ver com o processo cognitivo delas, ou seja, é a partir disso que elas começam a criar a representação mental do mundo. Também tivemos de ver todas as estórias clássicas zilhões de vezes. Mas o campeão do repeteco aqui, foi um tal de ‘Galinho Chantecler’, que é provavelmente o desenho mais chato do mundo, rsrs.
    Agora essas tortinhas – tão simples – parecem deliciosas e eu vou levar essa receita.

    Beijinho e bom fim de semana.

  13. Silvia diz:

    Paula, como vai? minha cara, ando testando suas receitinhas com frequência, então me surgiu uma dúvida: qual a melhor manteiga para se usar em confeitaria? vc tem sugestão de marcas que oferecem melhor resultado?
    Um beijo pra vcs, Silvia

    • thecookieshop diz:

      Silvia, qualquer manteiga de boa qualidade que você goste para passar no pão normalmente é boa também para cozinhar – mas tem que ser manteiga mesmo, não vale margarina, ou aquelas com menos colesteral, etc.

      bj!

  14. Celia diz:

    oi Paula, adoro o teu blog e todas as tuas creaçòes.
    eu estou morando na Italia e como a crise tà pegando estou pensando em começar a vender cupcakes online. Aqui ainda è um artigo pouco conhecido, pelo menos no Piemonte…
    vocè poderia me dar algumas sugestòes??
    bj
    Celia

  15. Caroll Chaves diz:

    Oi!! Paula estou com um super problema, ontem eu fiz alguns cupcakes, a massa está ótima bem fofa o pessoal aqui de casa achou um dos melhores que eu já fiz. Eu não sei se eu exagerei na quantidade de manteiga…. pois eles conforme esfriaram desgrudaram das forminhas e o de chocolate é o mais problemático porque ele se parte todo.
    O que posso fazer para deixar o bolinho unido na forminha? como aqueles que você fez de hello kit

    Ps: Eu já uso a forminha de metal sob a de papel para segurar mais.

    Obrigada.

  16. Tarrane Carol diz:

    Oi Paula adoro o teu blog e acho genial você compartilhar teus segredos aqui. Já votei várias vezes! :D
    Me tira uma dúvida, dá certo usar forminhas com fundo fixo? Gostaria de testar as que tenho aqui há séculos.
    Um super abraço

  17. chaiane diz:

    Estou com a mesma duvida da Carol, nao sei se exagerei na manteiga, mas, a minha massa fica potima delicosa, mas, estão desgrudando da forminha, vc pode me ajudar ?

    • thecookieshop diz:

      Chaiane, esse é um dos grandes mistérios da humanidade – pode ser a receita que vc está usando que tem muita gordura (diminuir um pouco a manteiga da receita ajuda), a forminha q está muito aberta (tipo esgarçada) antes de assar os cups, ou o que acontecia comigo: eu usava uma receita qu encolhia um pouco depois que saía do forno, acabava desgrudando das forminhas. Analise e veja se é seu caso!

      bj

  18. Acabei de tirar do forno essa tortinha,
    Só que fiz numa fominha média e o recheio inspirado nas maçãs caramelizadas do Outback, ficou simplesmente maravilhoso.
    Amei a receita, a massa é super fácil de fazer e fica deliciosa. Queria saber se com a massa que sobrou eu posso fazer alguma coisa, tipo biscoitos e tal…
    Porque sobrou bastante massa…

    Estou completamente apaixonada pelo seu blog, a próxima receita são os Alfajores!
    Beijos,
    Duda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alteração )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alteração )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alteração )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alteração )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.262 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: