Minha infância (que não tive) na fazenda – Bolo de aipim (ou mandioca)

Vocês não acham o máximo aquelas pessoas que passaram a infância na fazenda, ou no interior? E contam dos deliciosos doces de tacho, pamonhas feitas pelas tias, bolos de fubá e aipim que a avó fazia? E do inesquecível doce de leite feito no fogão de lenha, bem lentamente, que ficava com uma cor linda e um sabor inigualável?

Pois é, eu NÃO sou uma dessas pessoas, infelizmente. Nasci em São Paulo, fui criada na cidade grande, criança de apartamento que só viu galinha viva andando por aí quando foi pro sítio de amigos da família. E ficou HOR-RO-RI-ZA-DA em saber que aquela coisa fofinha e branca estava com o destino selado: seria degolada, o sangue removido e viraria galinha ao molho pardo. Totalmente Dexter.

Minha mãe, que era pessoa PHYNA, preparava doces gostosos, porém práticos, como convém à mulher moderna dos anos 60. Então doce de tacho era quando alguém trazia de viagem, doce de leite era leite condensado cozido na pressão e bolo de aipim… Nunca teve.

No meu imaginário acho que ficou essa lacuna da cozinheira cutucando lenha no fogão de barro e produzindo rústicas delícias em série, então de vez em quando eu encarno a Tia Nastácia e mando ver num doce bem brasileiro, com gostinho de fazenda.

Bolo de Aipim e Coco (adaptado do programa da NAMARIA Braga) – rende 1 bolo redondo de 25 cm

  • 4 ovos, gemas e claras separadas
  • 3 xícaras de açúcar
  • 1 xícara de farinha de trigo
  • 2 xícaras de mandioca (aipim) crua ralada no ralo grosso
  • 1 pitada de sal
  • 4 colheres de sopa de manteiga
  • 100g de coco fresco ralado (pode usar o seco também, de pacotinho)
  • 1 xícara de leite
  • 1 colher de sopa de fermento em pó

Preaqueça o forno a 180°. Unte com manteiga e polvilhe farinha de trigo numa assadeira redonda de 25cm.

Bata bem o açúcar e a manteiga, acrescente as gemas. Acrescente em seguida o coco ralado, a mandioca (aipim), a farinha de trigo e o fermento em pó dissolvido no leite. Bata mais um pouco e acrescente as claras batidas em neve.

Leve para assar por mais ou menos 40 minutos, ou até dourar e um palito sair seco quando espetado no centro do bolo. Deixe amornar e desenforme num prato de servir.

Anúncios

37 comentários

  1. Débora Escobar diz:

    Também não tive infância em fazenda, tirando os passeios ao sítio de um tio. Mas ninguém fazia doce lá não, só churrasco… E esse bolo tá com uma cara boinha boinha… beijoca!

  2. Rosana Marangoni diz:

    Paula,fiquei esperando novidade e vale a pena.
    Nossa ,que cara boa e quanto capricho .Bolo de aipim gourmet ehehe
    Acabamento impecavel.Com esse friozinho perfeito.
    Bjs
    Rosana

  3. Oi Paula, divertidíssimo esse seu post….Principalmente no “Totalmente Dexter” (você também assistia o seriado? Você viu o final, surpreendente, né?!)
    Enfim, adorei a receita e as fotos ficaram lindonas! Acho que você encarna bem a Tia Nastácia 🙂
    bjs

  4. Eu bem que gostaria de morar numa fazenda, pois gosto do campo, não sou de praia.
    Nunca tive o prazer de comer um bolinho de mandioca, mas sempre ouço falar muito bem a respeito.
    Adorei a sua decoração. Ficou lindo!
    Bjs 🙂

  5. Verena diz:

    Paula, adoro bolo de aipim! Adorei as fotos, a decoração é tudo!
    Tive a sorte de passar muitas e muitas férias com meus avós, que tinham fazenda…tudo exatamente como você descreveu…mas bolo de aipim não tinha. Só experimentei já adolescente quase adulta na casa de amigas. E amei! Tenho várias receitas e faz tempo que não faço! Gosto também de colocar um cadinho de queijo ralado…! Nunca fiz com farinha de trigo junto.
    Parabéns, está lindo!
    Ótima semana!

  6. Gina diz:

    Paula, quando criança adorava ir pro sítio de algum parente e guardo ótimas recordações desse período.
    Bolo de aipim é uma dessas boas lembranças, pois minha mãe sempre fazia pra gente.
    Bjs.

  7. Oi Paula,
    vi a sua propaganda no blog da Ana Sinhana e quando entrei e vi as fotos dos docinhos, nossa, deu água na boca, que delícia menina! Entrei no seu site e no blog e achei tudo tão lindo, a apresentação, o layout, as fotos…Parabéns e sucesso! Você é do Rio?
    Passa lá no meu blog, vou adorar!

    beijinhos,
    Karin

  8. Ahhh!! Amo tudo de bolinha! Que decoração mais fofinha!!! Eu moro no interiorrrr e bolinho de aipim, fubá e doces maravilhosos feitos no tacho fazem parte do meu dia a dia por aqui. Mas nada com bolinhas!!! Vou transformá-los agora os enchendo de bolinhas! Adorei a idéia! Bjks

  9. Também fui criança da cidade, mas por sorte minha avó, que é da roça, estava sempre por perto e preparava delicinhas pra gente, como doce de leite e bolo de mandioca. Esse seu está uma coisa, Paula! Lindão, menina! E tão molhadinho… Agüei aqui. 😀

  10. Laura diz:

    Oi Paula!!! aí amiga estou com uma super dúvida, que manteiga você me recomendaria para fazer cupcakes? essas manteigas amélia de potão servem? qual você usa? help me!!!!
    bjoss!!

    • thecookieshop diz:

      Laura, as manteigas e margarinas que vêm em potes geralmente têm muita água na composição, eu não costumo usar. Asmanteigas que vem em barras, com maior porcentagem de gordura, normalmente são muito melhores para cozinhar. Mas tem que ser manteiga de verdade, margarina não fica a mesma coisa.

      bj

  11. Camilla diz:

    Oi Paula!!, por favor me tire uma dúvida, qual a impotãncia do bicarbonato de sódio na massa do bolo? e eu andei vendo umas receitas na net e vi um tal de butter milck ,você conhece?
    Se a massa do bolo não pedir bicarbonato de sódio eu posso colocar mesmo assim?

    Obrigada.

    • thecookieshop diz:

      Oi, Camilla

      Normalmente, o bicarbonato substitui ou complementa o uso do fermento em pó, ou seja, faz o bolo a crescer. Ao contrário do fermento, que funciona reagindo ao calor, o bicarbonato reage a algum outro ingrediente ácido, como vinagre, cacau em pó ou o buttermilk. Se você for colocar bicarbonato num bolo que já tem fermento, pode acontecer do bolo crescer demais, transbordar e depois murchar. Tem gente que coloca uma pitada de bicarbonato em bolos de chocolate para a cor ficar mais bonita (ele deixa a massa avermelhada) – se for colocar, é só uma pitada mesmo, tá?

      O buttermilk é o soro que resulta da produção de manteiga, e não existe para vender no Brasil. Se a receita pedir, você pode trocar por iogurte natural, ou fazer o seu da seguinte maneira: misture uma colher de sopa de vinagre branco ou suco de limão a uma xícara de leite morno e deixe repousar uns minutos, até talhar o leite. Use na medida solicitada na sua receita.

      abs,
      Paula

  12. Caroll diz:

    Oi Paula, estou com uma dúvida, ao invés de eu usar nescau ou cacau em pó para o bolo de chocolate eu posso usar uma barra de chocolate ao leite derretido, ou metade ao leite e metade meio amargo derretidos? mesmo a receita pedindo 2 xícaras de açúcar, não vai ficar muito doce?
    Obrigada 😉

  13. Camilla diz:

    Paula obrigada por me responder, só mais uma coisa, para fazer os originais american cupcakes eu devo substituir o fermento pelo bicarbonato certo? e no lugar do leite eu devo substituir por buttermilk?

    • thecookieshop diz:

      Não, Camilla. Existem milhões de receitas americanas de cupcakes, algumas levam leite e fermento, outras levam buttermilk e bicarbonato, outras ainda levam água ou suco no lugar do leite. Na verdade, cupcake é qualquer massa de bolo assada em forminhas de papel, não existe uma receita específica, como para os muffins, por exemplo.
      Você deve encontrar uma receita de bolo que seja gostosa e apropriada para assar em forma de bolinhos pequenos, ok?
      Se tiver mais dúvidas, não hesite em perguntar.

    • thecookieshop diz:

      Oi, Lígia!

      Eu dobrei uma folha grande de sulfite em sanfona e cortei meios circulos nas dobras. Abri, estiquei direitinho sobre o bolo e peneirei açúcar de confeiteiro.
      Não sei se deu pra entender – estou pensando em fazer um tutorial desse tipo de stencil.

      bj!

  14. Norberto diz:

    Ficou muito bom o bolo!

    Como eu não tinha manteiga em casa, usei margarina mesmo. Existe alguma diferença substancial entre usar manteiga ou margarina em receitas de bolo?

    Abraço,
    Norberto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: