Quindins da Vó Da Lena

Quindim, eu acho esse nome tão bonitinho… E é um dos meus doces favoritos, se é que isso existe.

Doce de festa, porque pra juntar trocentas gemas e ralar um coco fresco, só em ocasiões especialíssimas, né? É curioso pensar que dos trabalhosos doces de antigamente, o quindim seja um dos poucos que tenham sobrevivido e seja ainda corriqueiro hoje em dia. Deve ser porque é DELICIOSO, e nem a praticidade das receitas modernas conseguiu exterminar essa maravilha amarelinha.

Quando eu perguntei pazamiga do twitter o que fazer com uma montanha de gemas que estavam dando sopa na cozinha, tive 20 replies, e todos diziam quindim. Não precisava pedir duas vezes: eu já estava mega de olho na receita da @LenaGasparetto, receita da avó dela, D. Victória.

Quindins da Vó da Lena – como fiz a receita exatamente como a Lena manda, vou transcrever o texto dela aqui, com as minhas observações em negrito.

Tempo de preparo: 1 hora e 15 mais tempos de resfriamento
Porções: Dependo dos tamanhos das forminhas (usei forminhas grandes e obtive 14 quindins)

Ingredientes:

  • 2 xícaras de coco fresco ralado
  • ½ kg de açúcar
  • 1 1/2 xícara de água
  • 2 cravos
  • 1 pauzinho de canela
  • 1/3 de colher de chá de sal
  • 2 colheres de sopa de manteiga (colheres-medidas, niveladas) (esqueci de colocar, mas deu certo também)
  • 2 colheres de chá de baunilha
  • 18 gemas passadas na peneira
  • Manteiga derretida e açúcar para untar as forminhas ou glucose de milho (vide “Dicas da Lena)

Preparo:

Numa panela, coloque ½ kg de açúcar, a água, os cravos, a canela e o sal.
Leve para ferver, sem mexer a calda (mas com um pincel de silicone molhado, pincelando as bordas internas da panela para não formar cristais de açúcar), até o ponto de “pano” (ou ponto de fio forte também dá certo) – cerca de 7 minutos de fervura.
Passe as gemas na peneira; acrescente a baunilha e reserve numa tigela.
Retire do fogo, coloque a manteiga e espere a calda amornar.
Descarte os cravos e a canela.
Junte o coco fresco ralado, e as gemas com a baunilha.
Mexa delicadamente com uma espátula de borracha até misturar.
Pré-aqueça o forno a 180°.
Leve uma chaleira ao fogo para ferver a água do banho-maria.
Unte com manteiga derretida e polvilhe com açúcar, cerca de 20 forminhas de quindins (mas atenção: a quantidade varia muito conforme o tamanho das forminhas)
Disponha-as numa assadeira, e com uma concha pequena, encha 2/3 de cada forminha com a mistura. (fique atento para distribuir igualmente o coco entre todos os quindins)
Leve ao forno pré-aquecido, e com muito cuidado, despeje 1 cm de altura de água fervente entre as forminhas para assá-las em banho-maria.
O tempo é cerca de 30 minutos para assar, mas depende muito da temperatura do forno e dos tamanhos das forminhas.
O certo é enfiar um palito, e quando sair limpo, estará pronto.
Retire as forminhas da assadeira e deixe amornar numa grade ou em outra superfície.
Quando estiverem quase frios, desenforme os quindins com a ajuda de uma faquinha de ponta, girando delicadamente com a ponta dos dedos para que ele não se danifique, ao retirar das forminhas.

Sirva gelados ou em temperatura ambiente

==========================================================
DICAS DA LENA:

– Eu prefiro untar as forminhas com glucose de milho, para dar mais brilho.
– Pode usar a glucose transparente e mais firme, à venda em lojas de artigos para confeitaria ou o Karo.
– No primeiro caso, dilua num pouquinho de água e leve ao microondas apenas para aquecer e misture com uma colher, para dar ponto de espalhar.
– No caso do Karo, aqueça numa tigelinha do micro cerca de 1/15 segundos no micro, para dar consistência de pincelar.
– Nesses ambos casos, a manteiga derretida não é necessária.
– Se não tiver coco fresco, pode usar um pacote de 100 grs., de coco seco, hidratado em 1/3 de xícara de água, aguardando uns 10 minutos para a hidratação. Mas sempre lembrando que coco fresco dá um resultado mais macio!
– Quindins são deliciosos, mas requerem um pouco de prática.
E é pra isso que estamos aqui, não? Para experimentarmos até o nosso resultado ideal!

Anúncios

24 comentários

  1. Paula vc não tem ideia do quão feliz fiquei com seu comentario!!!, eu ia te avisar por aki que tinha feito (mas minha vida tá um caos ultimamente) então acabei deixando pra fazer isso durante essa semana, mas vejo que não precisei…rsrsrs
    O bolo ficou divino, mas ainda quero um bolo com a textura do seu bolo…
    esses seus quindins e a torta aki da outra postagem estão com uma cara fantástica, quero muito esperimentar a torta, mas normalmente tenho problemas com massa!!!
    Outra coisa, vc usou açúcar refinado no seu bolo? sera que seu eu mudar o açúcar pode dar certo?
    Bjão

  2. Deste jeito não dá … amanhã ainda vou fazer a Torta da Vovó Donalda … e agora estes quindins … Aliás, eu sou uma twitteira que votou no quindim. rss
    Estão lindos. Há tempos eu queria uma receita descomplicada de quindim.
    Quando fizer, eu aviso aqui.

  3. Paula,

    os quindins ficaram lindos e parecem deliciosos! Também é um doce que eu sempre tive vontade de fazer mas, não sei o que é ponto de “pano”, que você diz na receita… Dei um “google” mas não achei! Rs… Será que vc pode me explicar?

    Obrigada!

    Laila

    • thecookieshop diz:

      Laila, esqueci de esclarecer esse ponto de pano – segundo a Lena, é quando vc levanta a colher e a calda cai tipo um mel, formando uma “parede” – mas dá certo também com um posto de fio forte.

      bj!

  4. Ameixinha diz:

    Nunca fiz exactamente porque nunca tenho tanta gema para gastar. Mas adoro doces feitos com gemas, aqui em Portugal quase todos os doces conventuais levam dezenas de gemas e eu sou super fã 🙂 O nome é mesmo lindinho!

  5. Gina diz:

    Paula,
    Sendo sincera, esse doce é muito bonitinho, mas me assusto com o tanto de doce e caloria. Simplesmente, nunca passou de um doce bonitinho, entende? Gosto não se discute, né?
    Bjs.

  6. Flávia Sessa diz:

    Oi Paula,

    Parabéns os quindins estão lindos e devem estar muito gostosos, gostaria de saber quanto se deve cobrar no cento do quindim grande e do pequno?
    Abraços…Parabéns…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: