É o fim – torta de crème brûlée

Daí que tinha um pessoal falando que o mundo ia acabar no sábado – parei pra pensar: “e se fosse verdade?”

Como já era sábado, se o mundo fosse realmente acabar eu teria minutos, com sorte talvez algumas horas para inventar coisas interessantes para fazer nos últimos momentos da humanidade. Mas o quê? Sair correndo na rua em desespero rasgando dinheiro? Ir pro supermercado e estourar o cartão de crédito em tudo que eu me controlo pra não comprar? Roubar uma Ferrari e sair a milhão?

Como estamos ouvindo essa história de fim dos tempos desde Nostradamus no Fantástico nos anos 80, achei mais garantido preservar o patrimônio e procurar uma receita bem boa, daquelas que você guarda e pensa: “tenho que fazer antes do fim dos tempos”.

Essa torta estava na fila faz um tempo e ó, ficou delícia. Da próxima vez que o mundo for acabar faço ela de novo, certeza.

Torta Crème Brulée  –  daqui

rendimento: 1 torta redonda de 25cm, ou 1 retangular de 30X15cm

para a massa:

  • 1 1/4 xícara de farinha de trigo
  • 2 c. sopa açúcar
  • 1/4 c. chá de sal
  • 113g de manteiga sem sal, bem gelada e cortada em cubinhos
  • 3 a 5 colheres de sopa de água gelada

para o recheio:

  • 1/2 fava de baunilha
  • 1 1/4 xícara de creme de leite fresco/ natas
  • 2/3 xícara de leite
  • 4 gemas
  • 1 ovo
  • 1/2 xícara de açúcar
  • pitada de sal

Primeiro, faça a massa: No processador, pulse juntos a farinha, açúcar e sal para misturar. Junte os pedacinhos de manteiga gelada, e pulse algumas vezes para obter uma farofa grossa, com pedaços de manteiga maiores (os maiores devem ter o tamanho de ervilhas).  Com o processador ligado, junte a agua até a massa se juntar ligeiramente.

Passe para uma superfície de trabalho polvilhada com farinha de trigo e junte delicadamente a massa (vai estar um pouco seca e quebradiça, mas apertando um pouco ela se junta) formando uma bola. Se estiver ainda muito seca e não der pra juntar, espirre um pouquinho mais de água.Essa massa não deve ser amassada nem trabalhada em excesso, senão fica dura. Embrulhe em plástico. Deixe descansar na geladeira por 40minutos.

Numa superfície de trabalho polvilhada com farinha de trigo, abra a massa com o rolo e estique o suficiente para cobrir o fundo e laterais da forma. Ajeite com as mãos – se quebrar é só pressionar para remendar.

Corte a sobra de massa com uma faca ou tesoura e leve a forma forrada de massa ao freezer por 10minutos. Aproveite para ligar o forno e preaquecer a 200º.

Fure o fundo da massa com um garfo, forre com papel aluumínio e complete a cavidade da torta com feijões crus (isso impede que a massa inche). Asse por 20 a 25 minutos, ou até as bordinhas dourarem levemente. Retire o papel alumínio com os feijões e asse mais um pouco até a massa dourar por completo (uns 15 a 20 minutos). Deixe esfriar.

Abaixe o forno para 150°.

Recheio: Enquanto a massa está assando, coloque numa panela o creme de leite, o leite e raspe a fava de baunilha com uma faquinha – misture com o creme na panela e junte também a fava. Leve ao fogo até quase levantar fervura. Desligue e deixe descansando por 30 minutos.

Numa tigela, bata as gemas e o ovo com o sal e 6 colheres de sopa do açúcar até esbranquiçar. Junte a mistura de creme de leite (retire a fava de baunilha) e misture bem. Coe com uma peneira.
Coloque a forma com a massa da torta dentro de uma assadeira grande e coloque no forno. Despeje o creme do recheio no fundo da torta e feche a porta do forno com cuidado para não derramar. Asse por aproximadamente 30 minutos, ou até as bordas do creme estarem firmes, mas o centro ainda mole. Deixe esfriar, desenforme e polvihe com o açúcar restante. Queime o açúcar para cramelar com um maçarico, ou coloque sob o grill do seu forno. Ou siga a dica da minha amiga @raqueldemeneses e queime o açúcar com as costas de uma colher aquecida na boca do fogão, com muito cuidado para não se queimar.

Anúncios

22 comentários

  1. Ana Franco diz:

    Dá próxima vez que o mundo estiver pra acabar, chame as vizinhas pra sofrer junto com vc, ok? Tô aguada aqui!! E só pra constar, eu tava do lado da Raquel quando ela usou uma colher para caramelizar um creme cítrico divino. Milagrosamente ela não se queimou. Já a colher, que era emprestada, ficou imprestável depois… rsrsrsr

  2. Emília diz:

    MInha Nossa Senhora! Foi meu mundo que acabou agora vendo esta torta! Morri!!
    Antes do fim dos tempos eu preciso testar a receita! De preferência bem antes do fim dos tempos…
    Genial como sempre!

  3. Helena diz:

    Nossa, eu não sabia que o mundo ia acabar no sábado….!
    ainda bem que não acabou, pois assim poderemos fazer a linda torta de crème brûlée…
    está muito linda!
    parabéns!

  4. Silvia diz:

    Queria comer um inteiro agora mesmo…
    E fiquei tão triste… 😦
    Só soube hoje do curso de biscoitos….corri ligar e já esgotaram as vagas…snifff!!!
    Maaaassss…tô na lista de espera…caso haja desistência….uhuuu!!! Tô na torcida!
    bjs

  5. A retardatária já babou na foto faz tempo, mas só hoje vim ler o post. =)
    Como a Ana disse, o truque da colher uber funciona, mas é importante se despedir da colher antes, rs.
    Vou já providenciar baunilha pra fazer uma dessa em casa. Ouvi que o mundo ia acabar de novo esse fd. ;P

  6. sallybr diz:

    Senti meus joelhos fraquejarem ao abrir esse post – torta de creme brullee e’ realmente algo para fazer parte da ultima refeicao de qualquer ser humano desse planeta maravilhoso!

    Vou tentar fazer em breve – sou meio desastrada no setor tortas, mas achei essa simplesmente demais!

    Que ideia magnifica!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: