Pelas barbas do Papai Noel – Biscoitos de Vitral

Ho Ho Ho, o Natal chegou! Pelo menos chegou nas filas dos shoppings, nas festas de firma, no trânsito insano e na quantidade absurda de comerciais de brinquedos que invade a TV.

E como estou ficando véia mesmo, não pude deixar de fazer uma reflexão de como o natal da minha infância é diferente do natal de hoje.

Primeiro que a gente esperava o ano todo pra ganhar aquele presentão bom do Papai Noel, e o presente bom era um só, visto que dos parentes a gente ganhava mesmo era um bom feliz natal, um pijama e uma nota de dérreal da vó.

Minha filha já ganhou tantos brinquedos esse ano que, não tendo mais o que desejar, pediu uma bola de praia. Isso mesmo, uma bola de praia. E a gente nem tem casa na praia, não tem piscina no prédio, enfim, total falta do que pedir.

Segundo: quando eu era criança, o Papai Noel era uma entidade que não era vista por ninguém, ele só vinha deixar os presentes depois que a gente ia dormir e lá estavam eles debaixo da árvore no dia seguinte. Chegaram a inventar uma moda de fantasiar um tio com uma barba descabelada depois da ceia, mas tava na cara que era fake, gente, nem criancinha acreditava.

Hoje em dia é assim: as crianças são íntimas do Papai Noel, já que a cada vez que vão ao shopping ele está lá pronto para bater um papo amigo, e com uma barba de alto nível, totalmente verdadeira. Minha filha já conversou com o Papai Noel pessoalmente umas dez vezes esse ano, totalmente BFF.

Mas ela está curtindo tudo o que envolve as festas, e quando criança curte a gente curte também, né? Então decoramos nossa linda árvore comprada no supermercado lotado por 19,99 com enfeites antigos, alguns novos, coisas que não são enfeites (ela colocou lá no meio uma carta de baralho, um seis de copas, e disse que era uma carta de amor, hahaha) e  esses biscoitinhos que fizemos numa tarde preguiçosa.

Biscoitos de Vitral

Para a massa, usei uma receita de gingerbread que publiquei aqui no ano passado (a receita da massa está nesse link).

Para fazer os biscoitinhos, você vai precisar de:

  • 1 receita da massa de gingerbread
  • balas duras ou pirulitos coloridos (tem que ser bala dura tipo Halls, ou pirulitos que não tenham recheios de chiclete)
  • 1 tapete de silicone (silpat) ou teflon
  • cortadores de biscoitos de vários tamanhos

Preaqueça o forno a 180 graus. Forre uma assadeira com o tapete de silicone e reserve.

Coloque as balas num saco de plástico grosso, embrulhe num pano e triture com um martelo de bife até pulverizar.

Numa superfície de trabalho polvilhada com farinha de trigo, corte os formatos maiores dos biscoitos. Coloque-os na assadeira preparada deixando um espaço de um dedo entre eles. Com os cortadores menores, faça a parte “vazada”, onde vai se formar o vitral.Se quiser, faça também um furinho com um canudo para passar uma fita e pendurar na árvore.

Leve ao forno por 5 minutos.

Coloque nos vazados dos biscoitos uma boa porção do farelinho das balas – pode ficar alto, porque quando derreter fica uma camada fininha de bala, assim ó:

Leve ao forno para terminar de assar por mais 10 minutos, ou até a bala derreter totalmente.

Retire do forno e aguarde 10 minutos antes de tirar da assadeira. Deixe esfriar e utilize.

Obs.: A parte da bala não dura muitos dias – uma hora ela acaba melando, mas as crianças parecem não se importar e vão comendo mesmo assim 🙂

Anúncios

16 comentários

  1. Maria Cristina Norfini diz:

    Paolinha, acredite, sempre faço estes biscoitos, porque me lembra os tempos da minha infância, ! Minha avó era a rainha dos biscoitos! E lá se vão 66 anos! Um feliz Natal e um Ano Novo repleto de alegrias e outros biscoitos! Rs,rs
    Maria Cristina.

  2. Claudia diz:

    Paula, os biscoitinhos ficaram lindos, adoro ler seus posts, são sempre uma delicia tanto nas receitas, quanto nas palavras, parabens! Desejo a vc e a sua linda familia muita saude e paz, porque o resto a gente corre atras, né? rsrs…

  3. Adriane diz:

    Olá Paula,
    Tenho acompanhado algumas receitas e já testei umas 3.
    Mas estes estão lindinhos, que caprichados… um mimo!
    Vc acha que dá para fazer no papel manteiga, não tenho este tapete de silicone.
    Parabéns!
    Bjs
    Adri

  4. Isadora Torres diz:

    já fiz essa receita com aquela bala de canela, ficou gostosa.
    me questiono se é possível usar aquelas balas de café… será?
    Outra coisa, onde você arruma essa linha vermelha e branca usada no salame de chocolate e em muitas outras coisas? Acho linda mas nunca vi para vender…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: