Fazendo mágica – brigadeiro milagroso no banho-maria

Brigadeiro no banho-maria

 

As pessoas de modo geral acham que a vida da doceira é uma coisa fácil e fofa, um mundo cor de rosa que cheira a baunilha e os passarinhos ajudam a gente a decorar os bolos. Tipo a Branca de Neve.

Tanto que uma pergunta que a gente ouve muito é a famigerada: VOCÊ TRABALHA TAMBÉM OU SÓ FAZ DOCE?

Olha, é tudo fofo mesmo, e às vezes cheira a baunilha. E chocolate. Mas o que ninguém imagina é que para a fofura acontecer corre muito sangue, suor e lágrimas por aqui. Ok, talvez não o sangue e lágrimas só de vez em quando, mas tem muito fardo de farinha e açúcar pra carregar, muita embalagem pra comprar, muito trânsito pra pegar e muito, mas MUITO brigadeiro pra mexer.

E todas as vezes que eu tenho que mexer uma panela com 6 receitas de brigadeiro ao mesmo tempo me entrego a uma longa reflexão (longa mesmo, porque dar ponto em 6 receitas de brigadeiro de uma vez demoooooooora pacas): tem que existir um jeito mais fácil de fazer isso, não é possível.

Aí um dia desses, enquanto fazia um pudim, uma lampadinha se acendeu – e se eu colocasse tudo no banho-maria, será que daria certo?

Coincidentemente essa semana apareceu um post na minha timeline do FB de uma colega que faz doce de leite dessa forma – coloca o leite condensado numa forma e assa em no banho-maria, coisa que eu já tinha visto em alguns blogs de países gringos que não tem o costume de usar panela de pressão.

Então fui pra cozinha testar essa idéia – dei uma mexida na receita tradicional do brigadeiro, porque imaginei que como não teria a evaporação normal que acontece no brigadeiro de panela teria de colocar alguma proteína (farinha, gema de ovo ou leite em pó) para ajudar a ficar cremoso. Demorou bastante para dar ponto (ficou 2 horas no forno), mas enquanto isso fiz mil coisas e não fiquei com dor na mão de ficar mexendo o doce na panela, então acredito que tenha sido um EPIC WIN.

Meu amigo Thomaz (tem sempre um espertinho rs) me perguntou se não era mais fácil fazer no microondas. Eu não acho – no microondas dificilmente consegui um ponto perfeito para enrolar e em 80% das vezes o brigadeiro ferveu e sujou todo meu forno. Fora que só dá p fazer uma receita por vez.

Posto aqui então a receita que fiz como teste. Acredito que dê ainda para melhorar alguma coisa, só tempo e prática ajudarão a aperfeiçoar o processo e conto com a colaboração de quem quiser arriscar fazer e postar aqui suas impressões!

Brigadeiro Milagroso no Banho-Maria (versão Beta)

Se quiser dobrar ou triplicar a receita só tome o cuidado da forma não ficar muito cheia de brigadeiro – melhor se for uma forma maior e a massa fique mais espalhada, baixinha na forma, senão pode demorar muito para assar.

  • 1 lata de leite condensado
  • 1/2 caixinha de creme de leite UHT
  • 3 colheres de sopa de chocolate em pó
  • 4 colheres de sopa de leite em pó integral instantâneo (tem que ser esse senão não dá ponto)
  • 1 colher de sopa de manteiga derretida

Aqueça o forno a 200 graus e coloque uma forma com bastante água quente na grade mais baixa do forno. Numa forma redonda misture todos os ingredientes com um fuet. Tampe com papel alumínio e leve ao banho-maria (verifique se a água não está secando).

Depois de 1 hora de forno, abra o papel alumínio e misture bem. Leve ao forno por mais uma hora, repondo a água se necessário.

Ao fim das duas horas verifique se a mistura está pastosa e firme e dê uma boa misturada – a espátula ou fuet deverão deixar um rastro no creme que não se desmancha com facilidade.

Depois de frio fica assim:

IMG_3765

Se for colocar em copinhos ou rechear bolos utilize em temperatura ambiente. Para enrolar leve à geladeira para gelar.

IMG_3838

8 comentários

  1. Andreza diz:

    Olá , tudo bem?
    Que pena eu não morar mais em SP, teria gostado conhecer seu trabalho pessoalmente.
    Seu site me encanta, pelas lindas fotos, pelo jeito como vc escreve. Uma graça.
    Achei criativo esse modo de preparo do brigadeiro, vou tentar fazer e postar como ficou. A única ressalva que faço é quanto colocar forma de água no forno, acho que deixarei até que esfrie pois tenho péssimas recordações do dia em que joguei água no chão do forno para aquecê-lo rapidamente ( estava assando pão) e umas gotas respingaram na porta, “booom”, explodiu o vidro em milhões de pedaços…
    Um grande beijo!

  2. vitória costa diz:

    Olá !!! Que delicia de blog !!! Super legal esse jeito de fazer brigadeiro , realmente uma economia de tempo rsrsrs…. vou testar e volto pra falar como foi !!!! Beijo

  3. Oi Paula, você é uma fonte de inspiração! Amo os seus posts, gosto muito de vir aqui e ler suas dicas e bate papo, aqui me sinto confortável! Estou trabalhando com doces também a dois anos, e dou muita risada quando tem o lance além de doces você trabalha com mais o que hahahaha!
    Que ideia mais bacana que vc teve! Amei, testarei com certeza!
    obrigada pelo carinho do que posta por aqui!
    bjo

  4. Silvia Bessa diz:

    Paula, boa solução. De tanto observar minha sobrinha Duda fazendo bolos e passando horas para apurar um brigadeiro, fui em busca da solução. Uma senhora me deu outra dica, que talvez possa ser testada por você dia desses. Segue: Use uma lata de leite condensado, meia lata de creme de leite, meia gema passada numa peneirinha para tirar a película e uma colher de manteira, mais chocolate à gosto. Misture tudo num refratário tipo saladeira de vidro e coloque no micro-ondas de três em três minutos. Mexa a cada intervalo vigorosamente para tirar os gomos. Dez minutos depois, bingo: brigadeiro sem melar o microondas (porque a gema impede o crescimento) e com ponto para o que você quiser. Inclusive para fazer top de cupcakes. Espero que dê certo. Se der, será min ha retribuição por tantas dicas boas que você já me deu rsrsrs Beijos, Silvia

  5. Paula voce eh uma fofa de dividir com a gente suas experiências. Tenho 3 crianças que amam brigadeiro. Ja tentei agrada-los com brigadeiros comprados porque estava muuuuuiiiito cansada, mas eles protestam, acham o gostinho de fazer o doce em casa melhor. Vou experimentar sua receita, mas aposto que dará certo, porque vc é gênio na cozinha. Qdo tem aniversario, o que geralmente faço é a tradicional “uma receita por vez, no máximo duas”, vai mais rápido do que colocar tudo de uma vez, e as primeiras ja vão esfriando para depois enrolar. Depois escrevo sobre a experiência. Obrigada. Beijos. Cristina

  6. Julia Maria diz:

    Paula adoro suas postagens e to rindo muito com o comentário: VOCÊ TRABALHA TAMBÉM OU SÓ FAZ DOCE?
    Sou formada em moda e o mundo me recriminou por mudar de profissão, e ainda dizem: “agora sua vida de madame vai ficar completa”!!!rs Mal sabem eles o sufoco que muitas vezes passamos!!!

    Amei sua receita, com certeza vou testar, pq tenho tendinite e outro dia fui fazer recheio para um bolo de 200 pessoas e fiquei com a mão acabada!! Acho q essa vai ser uma ótima solução!!!
    Obrigada por compartilhar!
    E parabéns pelo site!!❤

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: