Pipoca doce caramelada (sem pipoqueira)

IMG_3989

 

Outro dia fui comprar um saquinho de pipoca na porta da escola da filha e, já com o saquinho na mão, perguntei quanto era, caçando as moedinhas dentro da bolsa. A resposta: CINCO REAIS SINHÓRA.

Oi? Cinco reais por um saquinho de pipoca murcha? Os pipoqueiros agora passam cartão de crédito? A pipoca é “gourmet”?

Ontem mesmo fui almoçar com uma amiga numa ~boulangerie~ chic na Vila Madalena. Pedi um crepe com salada de rúcula, nada baratinho. Quando o prato chegou, SURPRESA! O crepe meio borrachento e a salada de rúcula era uma mini cumbuquinha com cerca de 8 folhas pequenas e umas raspinhas de queijo. Cerca não, eram 8 mesmo, porque eu contei.

Olha gente, não sei se eu tô ficando velha, se é a copa do mundo ou se é o fim dos tempos mas se vão me enfiar a faca pra comer alguma coisa (nada contra) tem que ser uma delícia maravilhosa acompanhada de uma salada com uma quantidade de folhas que eu não consiga contar a olho nu.

Por isso que eu tô preferindo fazer as coisas em casa mesmo que ganho mais. E pra você também nunca mais depender do pipoqueiro ladrão, vai aí minha receita de pipoca doce – se quiser botar aquele corantinho vermelho pra ficar mais realista vai fundo.

Pipoca Doce Caramelada (sem pipoqueira)

Essa pipoca não tem muita receita, e eu faço meio de olho mesmo igual minha mãe me ensinou. Pra facilitar medi tudo da última vez que fiz pra poder publicar aqui. Se quiser pode colocar uma colherona cheia de achocolatado junto com o açúcar para ficar com o sabor trash da infância.

  • 4 colheres de sopa de óleo
  • 1 xícara de café de milho de pipoca
  • 1/2 xícara de açúcar (pode ser refinado, cristal ou demerara)
  • 1 pitada gorda de sal

Numa panela antiaderente bem grandona coloque o óleo e o milho. Tampe e estoure a pipoca normalmente em fogo médio.

Quando a pipoca tiver estourado completamente coloque o açúcar e o sal – se a panela estiver muito cheia tire um pouco da pipoca antes. Quando o açúcar começar a derreter abaixe o fogo e misture com uma colher de pau para envolver as pipocas no caramelo.  Essa parte é rápida e não pode bobear, se o caramelo ficar muito escuro a pipoca fica amarga – preste atenção, porque o açúcar continua cozinhando um tempo depois que a gente desliga o fogo.

Coloque a pipoca numa assadeira grande ou numa tigela resistente ao calor e termine de espalhar o caramelo com uma espátula ou colher de pau – CUIDADO PARA NÃO SE QUEIMAR, caramelo é um perigo.

Deixe esfriar, sirva e dê uma banana pro pipoqueiro.IMG_3975

 

19 comentários

  1. Helena diz:

    Sou da mesma teoria que você , prefiro fazer as coisas em casa do que comer coisas caras e ruins fora . Mas quanto a pipoca , elas só são caras em cidade “grande ” , no interior , onde minha família mora , você compra um sacão ( sim é num saco , e não naqueles pacotinhos ) por 1,50 ( isso pq aumentou esse ano , era 1 real ) .

  2. sarahbulk diz:

    Amo o seus posts, mas amo ainda mais o seu texto, vontade de ficar lendo toda hora!
    Vc podia postar mais, nem que seja sem receitas kkkk
    Tipo dificuldades de uma doceira, desabafos, podia escrever qualquer coisa, parece que to ouvindo uma amiga🙂

  3. A-DO-REI!
    Estão pensando o quê! Donas de casa…uni-vos! HAHAHHAH!
    Obrigada pela inspiração. Receitinha, eu já tinha, mas adorei teu texto, tua revolta saudável e teu humor.
    Beijos.
    Diana, do receitasaprovadas.com

  4. Menina Tonta diz:

    Oi Paula,
    tudo bem?

    Só para dizer que eu fiz essa sua pipoquinha caramelizada porque lembrou muito as que a minha tia fazia quando eu era criança. Minha irmã e eu íamos assistir “barrados no baile” com as minhas primas depois da escola e ela fazia para gente como “lanche da tarde”.. =p (#geraçãoanos80).

    A minha tia agora mora fora, a gente cresceu e eu nunca mais comi pipoca doce caseira. hehehe.

    Adorei fazer e matar a saudade! Acho que errei o ponto do caramelo, porque muito escorreu para o fundo e ficou um pouco duro. Mas o que deu para comer ficou uma delícia!

    Obrigada!!!

    Luiza (do cafedacasa.wordpress)

  5. Pingback: Pipoca Caramelada | Teretetê na Cozinha

  6. Eloisa Ruthes diz:

    eu tenho uma boa, mas nunca testei fazer sem pipoqueira
    1xic de pipoca
    1xic de açucar
    3/4 xic de óleo
    2 colheres de água

    poe tudo na pipoqueira e mexe até estourar…

  7. Ana Maria diz:

    Gourmet? Absolutamente tudo virou gourmet. O povo acha que nome chic encarece… E encarece mesmo…rsrs Já viram tb peixe-com-crosta-disso-no-molho-reduzido-daquilo-acompanhado-de-qualquer-coisa-salteada-no-azeite-trufado…. ahhhh….. isso tá ficando muito chato….. Não nomeio nada do que faço de gourmet. É caseiro mesmo, com qualidade, com sabor e sem frescura…
    E vamos de pipoca que é tudo de bom… Adorei a receita, vou fazer loguinho…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: