cupcakes

Da paçoca rolha como ingrediente gourmet – Bolinhos de paçoca, cardamomo e café (ou cupcakes, se preferir)

Olha, eu acho esse conceito de gourmet uma coisa muito engraçada. Essa palavra tem uma aura de glamour que sempre me remeteu a jantares cheios de talheres e cristais, com lagosta, caviar, vinhos caros e foie gras. Só que hoje em dia, a gourmezada está se apropriando da comida do povão e as comidinhas do dia a dia estão virando “coisa de fresco”, e é um tal de brigadeiro gourmet, sarapatel gourmet, arroz com feijão gourmet, chuchu gourmet e sabe-se lá o que mais.

Eu, que tenho essa alma de Palmirinha, fico tentando encontrar a linha que separa a nossa comidinha caseira e bem feita do que é ser gourmet, e confesso que estou com um pouco de dificuldade. Talvez seja usar os melhores ingredientes disponíveis, ou ser criativo e dar uma inovada em receitas da nossa vó. O que vocês acham? Fazemos ou não parte desse clube?

***

Inventei esses bolinhos numa tarde friorenta esses dias, e achei essa releitura da paçoca rolha super gourmet. Ou não – daí você pode até fazer pra sua festa junina, porque eles ficaram uma delícia…

Bolinhos de Paçoca (6 unidades)

Para a cobertura

  • 3 paçocas tipo “rolha”
  • 1/4 xícara de farinha de trigo
  • 2 colheres de sopa de açúcar mascavo (aperte bem para medir)
  • 30g de manteiga gelada, cortada em pedacinhos

Para a massa

  • 50g de manteiga derretida e fria
  • 1 xícara de farinha de trigo
  • 1/3 xícara de açúcar
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • 1/2 colher de chá de cardamomo moído
  • 1 ovo
  • 1/4 de xícara de leite
  • 1/4 de xícara de café forte e frio
  • 2 paçocas “rolha”

Faça a cobertura:

Numa tigela pequena, esfarele as paçoquinhas e misture bem com o açúcar mascavo e a farinha de trigo. Junte os pedacinhos de manteiga gelada e já esfarelando com os dedos, até obter uma farofa úmida e grossa, sem pedaços grandes de manteiga. Guarde da geladeira enquanto prepara a massa.

Massa:

Preaqueça o forno a 180°C. Coloque forminhas de papel para cupcakes (ou tamanho 0) em uma forma para 6 muffins, ou em forminhas para empadas. Pode fazer também em uma forma de bolo inglês, untada e polvilhada com farinha de trigo.

Numa tigela grande, misture a farinha, o açúcar, o cardamomo e o fermento.

Em outro recipiente, misture o ovo, o leite, o café e a manteiga derretida. Despeje essa mistura sobre a mistura de farinha e mexa com uma espátula para incorporar os ingredientes, sem bater (não tem problema se ficar empelotado). Esfarele as duas pacoquinhas restantes sobre a massa – não precisa misturar.

Distribua a massa entre as forminhas (devem ficar cheias até uns 3/4 da capacidade). Coloque um pouco da cobertura sobre a massa, a seu gosto (eu gosto de bastante e dou uma apertadinha para caber mais).

Leve ao forno e asse por cerca de 25 minutos, ou até um palito sair seco quando espetado na massa. A cobertura deve estar sequinha. Retire na forma e deixe esfriar sobre uma grade.

Um aniversário cor-de-rosa/ parte 2 – missão Hello Kitty

Aniversário Helena 2 anos - cupcakes hello

Aniversário Helena 2 anos - banner cupcakes hello

Pois é, em tempos de orçamento apertado, festinha na escola é uma ótima solução para comemorar aniversário de filho – os amiguinhos já estão todos juntos, a duração da festa é bem mais previsível e o principal: sem adultos para alimentar!

Já contei pra vocês que a aniversariante está numa fase SUPER rosa, e a paixão do momento tinha que ser a Hello Kitty, né? Ela ama, e eu confesso que não fico atrás….

Como as crianças ainda são pequenas, a escola pede bolos que não sejam muito melecados, então optei pelos cupcakes formigueiro, que já foram publicados aqui, com menos cobertura. O bolinho é bem úmido e saboroso por si só, e realmente não precisa de muito complemento.

As carinhas da gatinha eu faria com massa de pastilhagem, mas o tempo estava muito úmido naquela semana e os enfeites poderiam melar. A solução foi fazer uma base de biscoito (receita aqui) com o mesmo cortador que usei para cortar pasta americana branca, comprada pronta. Para colar a pasta, é só pincelar uma camada bem fininha de glucose (Karo) no biscoito. Se preferir, dá pra cobrir o biscoitinho com glacê real branco e deixar secar por 24 horas.

Desenhei os olhinhos, nariz e bigodes com canetinha de corante comestível (muito legal, comprei aqui) e cortei umas florezinhas com cortador próprio para usar no lugar da fitinha da HK. Deixe a pasta secar um pouco antes de desenhar.

A parte salgada foram salgados assados (esfirras, folhados de escarola e enroladinhos de queijo branco) e suco de maçã para os “drinks”.

Aniversário Helena 2 anos - lembrancinhas hello

Mas eu me diverti mesmo na parte das lembrancinhas. Encontrei na região da 25 de março umas caixinhas para comida chinesa, perfeitas para colocar os presentinhos. Fiz uma etiqueta no photoshop e imprimi em adesivo. Tem uma fonte lindinha com desenhos da HK aqui.

Dentro da caixinha foram:

  • uma coroinha de princesa
  • um potinho de bolha de sabão
  • adesivos
  • um saquinhos de suspiros (fiz o suspiro em casa e imprimi um rótulo da HK para grampear no saquinho de celofane)
  • um biscoito decorado da HK (o mesmo biscoito que enfeitou os cupcakes, só que maior)
  • um saquinho de confetis de chocolate de coração (usei saquinhos para sacolé/gelinho e enchi com funil)

Para os meninos era quase igual, só não ia a coroa e os adesivos eram de carrinho, daqueles fofinhos.

Vou passar pra vocês a receita do brigadeiro que usei para essa festinha – encontrei no blog da Márcia Rosa, o Casinha Doce, e gostei muito, porque dá para fazer docinhos maiores que não “esborracham”.

Brigadeiro

  • 1 lata de leite condensado
  • 100ml de creme de leite de caixinha
  • 3 colheres de sopa de chocolate em pó (50% de cacau)
  • 1 colher de sobremesa rasa de farinha de trigo
  • 1 colher de sobremesa de manteiga

Peneire juntos o chocolate em pó e a farinha. Misture bem.

Numa panela antiaderente, misture todos os ingredientes e leve ao fogo, mexendo sempre. Quando ferver, abaixe o fogo, e continue mexendo até virar um creme bem grosso, que desgruda da panela (depois da fervura, leva mais ou menos uns 8 a dez minutos para dar o ponto). Coloque o brigadeiro num prato fundo para esfriar completamente antes de enrolar com as mãos untadas de manteiga e passar no chocolate granulado.

Os da festinha foram decorados com um confeito em forma de coração em cada doce.

BRIGADEIRO 009

E pra quem mais gostar da Hello Kitty e estiver em São Paulo, não deixe de visitar o Sanrio Café, no Shopping Bourbon. Os doces e chocolates do café são fornecidos pela Simone Izumi, do lindo blog Chocolatria e são deliciosos! O pão de mel de doce de leite é sensacional e tem o formato da carinha de HK, dá até dó de comer…

Cupcakes Tres Leches – A Taste of Yellow

tres leches-cupcakes_B

livestrong

Esses cupcakes amarelinhos foram feitos com carinho, para receber amigos muito queridos na minha casa, para um divertido jantar mexicano. E eles também vão me ajudar a falar de uma coisa muito importante.

Eu nunca imaginei que o câncer chegaria perto de alguém que eu amava, mas ele chegou. Devagarinho e sem fazer barulho.

Minha mãe era uma mulher ativa, bonita e divertida, e aos 62 anos, foi diagnosticada com câncer de pâncreas. Lutamos juntas por seis meses, sem nunca perder o otimismo e nem a esperança – infelizmente ela não resistiu. Nessa dolorosa jornada, me senti às vezes muito só, mas recebi também muito apoio dos meus familiares, amigos e até de desconhecidos.

Por isso esses cupcakes amarelinhos são a minha contribuição para esse evento tão bacana da Barbara, ela mesma uma paciente de câncer, do blog winosandfoodies.com, . O A Taste of Yellow é uma forma do pessoal dos blogs de comida apoiar o LiveStrong Day, um dia para todos mostrarmos nosso apoio aos que sobreviveram à doença e aos que ainda estão batalhando.

tres-leches-cupcakes

Cupcakes Tres Leches (adaptado daqui)
– rende 20 cupcakes

Esses cupcakes são inspirados na tradicional sobremesa latina Pastel de Tres Leches (os três leites são o leite condensado, o creme de leite e o leite evaporado que umedecem ao bolo).

Agora, sério: vocês têm que fazer porque são uma delícia.

A massa é um pão de ló amarelinho super leve, que fica bem molhadinho com a calda de tres leches. O sabor é bem suave, e a nuvem de creme chantilly complementa divinamente. Desmancha na boca.

Para o bolo e a calda

  • 6 ovos grandes, gemas e claras separadas
  • 1/4 colher de chá de bicarbonato de sódio
  • pitada de sal
  • 1 xícara de açúcar
  • 1/2 xícara (100g) de manteiga derretida (espere esfriar antes de usar)
  • 1/2 xícara de farinha de trigo, peneirada
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 lata de leite evaporado (como não tinha, coloquei 1/4 de xícara de leite integral)
  • 3/4 xícara de creme de leite fresco

Para a cobertura

  • 2 xícaras de creme de leite fresco bem gelado
  • 1/4 xícara de açúcar de confeiteiro
  • canela em pó

1. Preaqueça o forno a 160°-170°. Coloque forminhas de papel no° 0 em formas para muffin ou empada grande.

2. Bata na batedeira as claras, bicarbonato e sal até ficar em ponto de neve, com picos fofos. Batendo sempre, junte as gemas, uma por vez, seguidas do açúcar. Bata até ficar homogêneo. Desligue a batedeira e junte a manteiga, e misture delicadamente com uma espátula grande. Junte a farinha em quatro adições, incorporando gentilmente até ficar homogêneo. Cuide para não mexer demasiado, senão o ar da massa vai embora e pode ficar um bolo pesado.

3. Divida a massa igualmente entre as forminhas, enchendo até a metade. Asse até dourar, mais ou menos 25 minutos. Retire do forno e faça vários furos nos bolinhos com um palito. Reserve.

4. Numa tigelinha, misture o leite evaporado, leite condensado e creme de leite. Com os cupcakes ainda nas formas de muffin, pincele a mistura de leite na superfície dos bolinhos, repetindo até que todos o creme tenha sido usado. Cubra as formas com plástico ou papel alumínio, e deixe na geladeira por pelo menos 30 minutos ou até o dia seguinte. Deixe em temperatura ambiente para servir.

5. Na hora de servir, bata o creme de leite da cobertura em ponto de chantilly (deve montar em picos suaves) e misture o açúcar de confeiteiro. Distribua porções desse chantilly sobre os bolinhos e polvilhe canela em pó a gosto.

tres leches-cupcakes2

Faça você mesmo – Marzipã

marzipan-roses

Não sei vocês, mas eu sempre achei maravilhosos os bolos confeitados com pasta americana. Eles podem ser verdadeiras obras de arte, de várias cores, cheios de flores e figurinhas lindamente esculpidas pelos artistas do açúcar (claro que em mão erradas podem ir parar no Cake Wrecks). O único problema é que nem todo mundo gosta do sabor desse tipo de cobertura, e muitas vezes ela acaba sendo deixada de lado.

Uma excelente alternativa seria o marzipã, mas os que eu encontrei prontos para comprar por aqui são caríssimos e não tem a menor flexibilidade para modelar. Como o meu lema é “desistir, jamais”, saí atrás de receitas na internet e em livros de culinária.

A receita que mais se aproximou do que eu estava precisando veio do blog da Cláudia, o Sabor Saudade, e de um livro de receitas do Cordon Bleu. O meu marzipã é um cruzamento dessas duas fontes – já fiz algumas vezes com um ótimo resultado tanto de sabor como de maleabilidade. Deu para fazer as rosinhas que estão nesse cupcake dentro do vaso, cobrir os cupcakes da princesa e fazer outras flores com cortadores.

A parte que dá mais trabalho no processo é tirar a pele das amêndoas – tem um post ótimo com instruções aqui. Tem pra vender já peladas, mas se as amêndoas já estão pela hora da morte, sem a pele então, sem se fala. Fora que tem o prazer de saber que vc fez tudo da receita, menos plantar e colher as amêndoas, né? Uma coisa super raízes.

cupcakes-wedding

Marzipã (rende mais ou menos 600g)

  • 250g de amêndoas sem casca e sem pele
  • 2 claras de ovos
  • 1/2 xícara de açúcar
  • 1 xícara de açúcar de confeiteiro, e mais para amassar o marzipã
  • essência de amêndoas, licor de amêndoas ou água de flor de laranjeira a gosto

Numa panelinha própria para banho-maria, ou numa tigela resistente ao calor, misture as claras e o açúcar. Leve ao banho-maria e aqueça a mistura de claras, mexendo sempre, até atingir 71°C (a essa temperatura o ovo fica livre de bactérias como a Salmonella, por exemplo). Divida a mistura de claras em duas partes e reserve.

No processador de alimentos, processe as amêndoas até ficarem o mais trituradas possível. Esse passo é importante porque quanto mais finas as amêndoas, mais liso será seu marzipã. Quando estiver uma farinha fina, junte o açúcar de confeiteiro e processe até misturar bem. As amêndoas vão estar ainda em forma de farinha.

Com o processador ligado, junte a essência e metade da mistura de claras, as poucos. A farinha de amêndoas com açúcar vai se juntar, formando uma bola. Desligue o processador imediatamente, e passe essa massa para uma superfície polvilhada com açúcar de confeiteiro. Amasse um pouco o marzipã e confira: se estiver quebradiço ou  soltando óleo das amêndoas nas suas mãos, coloque mais mistura de claras até virar uma pasta  grossa, parecida com massa de pão. Se estiver muito mole, do tipo que não conserva a forma, vá amassando com mais açúcar de confeiteiro. Pra mim, sobra sempre um pouquinho das claras, e não precisa usar tudo se não for necessário. Deve ficar parecido com massinha de modelar, e não deve grudar nas mãos.

Quando chegar nesse ponto, quanto mais você amassar, mais fácil de modelar o marzipã fica. Embrulhe bem em plástico e guarde em geladeira por até um mês. Utilize em temperatura ambiente e massageie bem antes de utilizar. Para colorir, usei corante alimentício em gel.

marzipan-cupcake

UPDATE:

Quase já ia esquecendo…

Ganhei um selinho da querida Maura, do blog Trainee de Cozinheira! Tem que responder umas perguntas e repassar pra 5 blogs – eu decidi repassar para as primeiras blogueiras que comentaram aqui no The Cookie Shop, minhas primeiras amigas virtuais.

selinhofeufolandiafinal

Uma música mágica: Beatriz, Edu Lobo
Um filme mágico: Bonequinha de luxo (breakfast at Tiffany´s)
Uma viagem mágica: Paris
Maquiagem mágica: Corretivo, né?
Vou indicar:
Gina – Naco Zinha
Samma – Mesa para 4
Gasparzinha – No Soup For You
Léia – Cucchiaio Pieno
Um beijo para todas!

Cupcakes da Princesa

princess cupcakes

Se você veio parar aqui em busca de um cupcake da Bela Adormecida, Branca de Neve, Cinderela ou Lady Di, me desculpe, mas vai ficar para uma outra vez.

Esses lindos bolinhos verdes são uma adaptação do Princesstårta (bolo da princesa), uma receita típica da Suécia. Segundo reza a história, o bolo foi criado na década de 30 pelo autor de livros de culinária Jenny Åkerström, para homenagear as três princesas suecas, Margaretha, Märtha e Astrid. Hoje, o delicioso bolo com camadas de chantilly, creme de baunilha e marzipan é super popular por lá, em aniversários e também nos cafés e docerias.

E por falar em marzipã, hoje seria aniversário da minha mãe, uma verdadeira adoradora do doce de amêndoas.

Ela foi uma mulher forte, independente, que criou e sustentou três filhos pequenos sozinha, depois que meu pai morreu.  Mas também era suave, divertida e minha parceira em muitas aventuras na cozinha.

Como eu, ela adorava um docinho. Se fosse bem bonito e ainda viesse com uma história de princesa, melhor ainda.

Cupcakes da Princesa (rendimento: 5 bolinhos)

Esses bolinhos são como filhos pequenos – dão a maior trabalheira, mas valem muito a pena! Nenhuma das partes envolvidas no preparo (bolo / chantilly/ creme/ calda de rum) são difíceis, o mais complicado foi a montagem e deixar a cobertura bem lisinha.

O marzipã utilizado para cobrir os cupcakes foi feito em casa, e eu prometo postar a receita muito breve, assim que ela for melhor aperfeiçoada. Pode ser feito tranquilamente com marzipã comprado ou, para uma versão menos tradicional, com pasta americana.

Bolinhos de baunilha (adaptada daqui) – pode ser feito com até dois dias de antecedência

  • 3/4 xícara de farinha de trigo
  • 1/2 xícara de açúcar
  • 1 colher de chá rasa de fermento
  • pitada de sal
  • 50g manteiga em temperatura ambiente, cortada em pedacinhos
  • 1 ovo
  • 1/4 xícara de leite
  • gotas de baunilha


1. Preaqueça o forno a 180°C. Coloque 5 forminhas de papel nº0 em uma forma para muffins.

2. Na tigela da batedeira, misture a farinha, açúcar, fermento e sal. Misture bem.

3. Em outra tigela, misture o leite, os ovos e a baunilha. Reserve.

4. Coloque os pedacinhos de manteiga na mistura de farinha e bata em velocidade baixa até virar uma farofa. Os maiores pedaços de manteiga não deverão ser maiores que ervilhas.

5. Com a batedeira ligada, acrescente a mistura de leite aos pouquinhos. Bata somente até ficar homogêneo.

6. Distribua a massa entre as forminhas preparadas. Leve ao forno por mais ou menos 15 minutos, ou até o palito sair seco quando espetado nos bolinhos. Deixe esfriar sobre uma grade antes de proceder com a montagem.

Creme de Confeiteiro – pode ser feito com 1 dia de antecedência

  • 1 xícara de leite
  • 2 gemas
  • 1/4 xícara de açúcar
  • 2 colheres de sopa de maizena
  • essência de baunilha (eu usei 1/2 colher de chá)
  • 1 colher de sopa de manteiga

Numa panela pequena, antiaderente, leve o leite ao fogo até aquecer bem, mas não deixe ferver. Enquanto isso, bata bem as gemas com o açúcar e a maizena, até ficar branquinho.

Misture metade do leite quente com as gemas batidas e mexa bem, até dissolver. Passe tudo para a panela do leite e leve ao fogo médio/ baixo, mexendo sempre, até engrossar. Tire do fogo e misture a manteiga e a baunilha muito bem.

Passe o creme para uma tigelinha e coloque um plástico em contato com a superfície, para não formar película. Deixe esfriar muito bem para utilizar.

Calda de rum – pode ser feito com até uma semana de antecedência e quardado em geladeira

  • 1/4 xícara de água
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 1 colher de chá de rum

Numa panela pequena, junte a água e o açúcar e leve ao fogo até ferver. Deslique o fogo e junte o rum. Utilize frio.

Para a montagem

  • bolinhos
  • creme de confeiteiro
  • calda de rum
  • 200ml creme de leite fresco
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • geléia de framboesa
  • 400g de marzipan
  • corante verde (bem pouquinho)
  • corante rosa para as florezinhas, ou flores naturais para decorar

princess etapas

Misture o marzipã com uma gotinha de corante comestível verde. Amasse bem para ficar uniforme. se começar a grudar nas mãos, polvilhe um pouco de açúcar de confeiteiro. Reserve embrulhado em plástico para não ressecar.

Corte o topo dos bolinhos para nivelar (figura 1). Retire as forminhas e vire os bolinhos de cabeça para baixo. Corte em quatro camadas finas. Despreze a camada de cima (figura 2).

Bata o creme de leite com o açúcar até formar picos duros (chantilly).

Sobre o pratinho de servir, ou sobre uma rodela de papelão forrada (eu usei fundos de forminhas de tartelettes), monte as camadas, sempre molhando o bolo ligeiramente com a calda:

  • primeiro a geléia, uma camada bem fininha;
  • sobre a geléia, uma colher de chá de chantilly;
  • mais uma camada de bolo molhadinha de calda;
  • uma colher de chá de creme de confeiteiro;
  • uma camada de bolo molhadinha de calda
  • cobrir todo o bolinho com chantilly, deixando o topo bem redondinho (figura 3)

Faça o mesmo com todos os bolinhos e guarde na geladeira enquanto abre o marzipan com um rolo, sobre uma superfície polvilhada com açúcar de confeiteiro. Dá pra ver a espessura na figura 4.

Corte rodelas grandes o suficiente para cobrir cada bolinho. Coloque o marzipan cuidadosamente sobre o cupcake e vá massageando com muito cuidado para formar a “meia esfera”. No começo vai ficar um babado nas pontas, mas é só ir ajeitando com carinho que fica bem lisinho. Corte o excesso com uma faquinha bem afiada.

Transfira para pratos de sobremesa. Polvilhe açúcar de confeiteiro e enfeite com florezinhas de marzipan. São melhores consumidos no dia em que são feitos

princess_cupcakes_stand

Receitas de Antigamente – Cupcakes Formigueiro

CUPCAKES-FORMIGUEIRO

Quando minha mãe faleceu,  acabei herdando dela alguns livros de receitas antigos, dos anos 60 e 70, e também o velho caderno de receitas.

Ele já era meu velho conhecido, tem até receitas ali com a minha letra, mas a maioria delas foi minha mãe quem coletou.  Eu tenho um verdadeiro fascínio por receitas antigas, ainda mais quando elas tem história. Então resolvi que ia testar as receitas que minha mãe deixou ali. Algumas eu já provei pelas mãos da mamãe, outras, principalmente recortes de revistas, acho que ela colou ali porque achou interessantes, não sei.

Resolvi começar por essa – uma releitura do bolo formigueiro que a Conceição, empregada de uma amiga da mamãe, fazia. Ela já tinha uma certa idade – diziam que ela era freira e tinha largado o convento, e acabou indo trabalhar como doméstica, daquelas que moram na casa.

A Conceição sempre fazia quando íamos à casa da amiga o tal bolo formigueiro: um bolo de coco bem úmido, cheinho de granulados de chocolate derretidos no meio da massa, super saboroso. Como eu não tinha granulado de chocolate em casa, resolvi fazer com um cor-de-rosa que tinha sobrado e estava dando mole na despensa. Aproveitando a ocasião, resolvi fazer também uma tal “cobertura cor-de-rosa”, recorte de revista não identificada dos anos 80. Ela é como um marshmallow, só que com gelatina do sabor que vc quiser.

pink-cupcakes

*************MENSAGEM IMPORTANTE*********

O concurso “VAMOS ENTRETER A HELENINHA” continua! O vencedor ou vencedora será anunciado no próximo post, em algum dia da semana que vem. A juíza será ela, a inigualável Heleninha – vamos testar as idéias que forem deixadas nos comentários até segunda-feira, 6 de julho.

*******FIM DA MENSAGEM IMPORTANTE*********

Bolo Formigueiro (Conceição) – rende 24 cupcakes

  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 200g manteiga em temperatura ambiente
  • 2 xícaras de açúcar
  • 4 gemas
  • 100g de coco ralado seco (um pacotinho)
  • 1 xícara de leite
  • 50g chocolate granulado (ou granulados coloridos)
  • 4 claras batidas em neve

Para o bolo

Preaqueça o forno a 180°C. Coloque forminhas de papel em duas formas para muffins de 12 buraquinhos. Reserve.

Em uma tigela grande, peneire a farinha e o fermento. Misture Bem. Reserve

Na batedeira, bata as claras em neve. Reserve.

Bata a manteiga e o açúcar até formar um creme branco e fofo. Junte as gemas, uma a uma, batendo bem a cada adição. Junte o coco ralado e bata para misturar. Junte a mistura de farinha, alternado com o leite (farinha/leite/farinha/leite/farinha). Misture o granulado.

Tire da batedeira. Junte as claras em neve, envolvendo cuidadosamente com uma colher grande para incorporar.

Encha as forminhas com a massa até 2/3 cheias. Asse por mais ou menos 20 a 25 minutos. Um palito deve sair seco quando espetado nos bolinhos.

Cobertura Cor-de-Rosa (fonte não identificada)

  • 1 xícara de água
  • 2 xícaras de açúcar
  • 3 colheres de sopa de gelatina de sabor morango, cereja, framboesa, etc
  • 2 claras batidas em neve
  • 1 colher de chá de baunilha (não usei)

Misture muito bem a água com o açúcar e a gelatina e leve ao fogo para levantar fervura, e até que o açúcar esteja dissolvido. Adicione esta mistura lentamente às claras batidas em neve, batendo na batedeira em velocidade máxima, até obter a consistência de suspiro (levei uns 10 minutos, na Kitchen-Aid). Acrescente a baunilha e misture bem.

Na decoração desses cupcakes, usei um saco de confeitar com bico perlê bem largo, formando montinhos de cobertura, e polvilhei com açúcar cristal colorido.

pink-cupcake-corte

%d blogueiros gostam disto: