cupcakes

Cupcakes da Princesa

princess cupcakes

Se você veio parar aqui em busca de um cupcake da Bela Adormecida, Branca de Neve, Cinderela ou Lady Di, me desculpe, mas vai ficar para uma outra vez.

Esses lindos bolinhos verdes são uma adaptação do Princesstårta (bolo da princesa), uma receita típica da Suécia. Segundo reza a história, o bolo foi criado na década de 30 pelo autor de livros de culinária Jenny Åkerström, para homenagear as três princesas suecas, Margaretha, Märtha e Astrid. Hoje, o delicioso bolo com camadas de chantilly, creme de baunilha e marzipan é super popular por lá, em aniversários e também nos cafés e docerias.

E por falar em marzipã, hoje seria aniversário da minha mãe, uma verdadeira adoradora do doce de amêndoas.

Ela foi uma mulher forte, independente, que criou e sustentou três filhos pequenos sozinha, depois que meu pai morreu.  Mas também era suave, divertida e minha parceira em muitas aventuras na cozinha.

Como eu, ela adorava um docinho. Se fosse bem bonito e ainda viesse com uma história de princesa, melhor ainda.

Cupcakes da Princesa (rendimento: 5 bolinhos)

Esses bolinhos são como filhos pequenos – dão a maior trabalheira, mas valem muito a pena! Nenhuma das partes envolvidas no preparo (bolo / chantilly/ creme/ calda de rum) são difíceis, o mais complicado foi a montagem e deixar a cobertura bem lisinha.

O marzipã utilizado para cobrir os cupcakes foi feito em casa, e eu prometo postar a receita muito breve, assim que ela for melhor aperfeiçoada. Pode ser feito tranquilamente com marzipã comprado ou, para uma versão menos tradicional, com pasta americana.

Bolinhos de baunilha (adaptada daqui) – pode ser feito com até dois dias de antecedência

  • 3/4 xícara de farinha de trigo
  • 1/2 xícara de açúcar
  • 1 colher de chá rasa de fermento
  • pitada de sal
  • 50g manteiga em temperatura ambiente, cortada em pedacinhos
  • 1 ovo
  • 1/4 xícara de leite
  • gotas de baunilha


1. Preaqueça o forno a 180°C. Coloque 5 forminhas de papel nº0 em uma forma para muffins.

2. Na tigela da batedeira, misture a farinha, açúcar, fermento e sal. Misture bem.

3. Em outra tigela, misture o leite, os ovos e a baunilha. Reserve.

4. Coloque os pedacinhos de manteiga na mistura de farinha e bata em velocidade baixa até virar uma farofa. Os maiores pedaços de manteiga não deverão ser maiores que ervilhas.

5. Com a batedeira ligada, acrescente a mistura de leite aos pouquinhos. Bata somente até ficar homogêneo.

6. Distribua a massa entre as forminhas preparadas. Leve ao forno por mais ou menos 15 minutos, ou até o palito sair seco quando espetado nos bolinhos. Deixe esfriar sobre uma grade antes de proceder com a montagem.

Creme de Confeiteiro – pode ser feito com 1 dia de antecedência

  • 1 xícara de leite
  • 2 gemas
  • 1/4 xícara de açúcar
  • 2 colheres de sopa de maizena
  • essência de baunilha (eu usei 1/2 colher de chá)
  • 1 colher de sopa de manteiga

Numa panela pequena, antiaderente, leve o leite ao fogo até aquecer bem, mas não deixe ferver. Enquanto isso, bata bem as gemas com o açúcar e a maizena, até ficar branquinho.

Misture metade do leite quente com as gemas batidas e mexa bem, até dissolver. Passe tudo para a panela do leite e leve ao fogo médio/ baixo, mexendo sempre, até engrossar. Tire do fogo e misture a manteiga e a baunilha muito bem.

Passe o creme para uma tigelinha e coloque um plástico em contato com a superfície, para não formar película. Deixe esfriar muito bem para utilizar.

Calda de rum – pode ser feito com até uma semana de antecedência e quardado em geladeira

  • 1/4 xícara de água
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 1 colher de chá de rum

Numa panela pequena, junte a água e o açúcar e leve ao fogo até ferver. Deslique o fogo e junte o rum. Utilize frio.

Para a montagem

  • bolinhos
  • creme de confeiteiro
  • calda de rum
  • 200ml creme de leite fresco
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • geléia de framboesa
  • 400g de marzipan
  • corante verde (bem pouquinho)
  • corante rosa para as florezinhas, ou flores naturais para decorar

princess etapas

Misture o marzipã com uma gotinha de corante comestível verde. Amasse bem para ficar uniforme. se começar a grudar nas mãos, polvilhe um pouco de açúcar de confeiteiro. Reserve embrulhado em plástico para não ressecar.

Corte o topo dos bolinhos para nivelar (figura 1). Retire as forminhas e vire os bolinhos de cabeça para baixo. Corte em quatro camadas finas. Despreze a camada de cima (figura 2).

Bata o creme de leite com o açúcar até formar picos duros (chantilly).

Sobre o pratinho de servir, ou sobre uma rodela de papelão forrada (eu usei fundos de forminhas de tartelettes), monte as camadas, sempre molhando o bolo ligeiramente com a calda:

  • primeiro a geléia, uma camada bem fininha;
  • sobre a geléia, uma colher de chá de chantilly;
  • mais uma camada de bolo molhadinha de calda;
  • uma colher de chá de creme de confeiteiro;
  • uma camada de bolo molhadinha de calda
  • cobrir todo o bolinho com chantilly, deixando o topo bem redondinho (figura 3)

Faça o mesmo com todos os bolinhos e guarde na geladeira enquanto abre o marzipan com um rolo, sobre uma superfície polvilhada com açúcar de confeiteiro. Dá pra ver a espessura na figura 4.

Corte rodelas grandes o suficiente para cobrir cada bolinho. Coloque o marzipan cuidadosamente sobre o cupcake e vá massageando com muito cuidado para formar a “meia esfera”. No começo vai ficar um babado nas pontas, mas é só ir ajeitando com carinho que fica bem lisinho. Corte o excesso com uma faquinha bem afiada.

Transfira para pratos de sobremesa. Polvilhe açúcar de confeiteiro e enfeite com florezinhas de marzipan. São melhores consumidos no dia em que são feitos

princess_cupcakes_stand

Receitas de Antigamente – Cupcakes Formigueiro

CUPCAKES-FORMIGUEIRO

Quando minha mãe faleceu,  acabei herdando dela alguns livros de receitas antigos, dos anos 60 e 70, e também o velho caderno de receitas.

Ele já era meu velho conhecido, tem até receitas ali com a minha letra, mas a maioria delas foi minha mãe quem coletou.  Eu tenho um verdadeiro fascínio por receitas antigas, ainda mais quando elas tem história. Então resolvi que ia testar as receitas que minha mãe deixou ali. Algumas eu já provei pelas mãos da mamãe, outras, principalmente recortes de revistas, acho que ela colou ali porque achou interessantes, não sei.

Resolvi começar por essa – uma releitura do bolo formigueiro que a Conceição, empregada de uma amiga da mamãe, fazia. Ela já tinha uma certa idade – diziam que ela era freira e tinha largado o convento, e acabou indo trabalhar como doméstica, daquelas que moram na casa.

A Conceição sempre fazia quando íamos à casa da amiga o tal bolo formigueiro: um bolo de coco bem úmido, cheinho de granulados de chocolate derretidos no meio da massa, super saboroso. Como eu não tinha granulado de chocolate em casa, resolvi fazer com um cor-de-rosa que tinha sobrado e estava dando mole na despensa. Aproveitando a ocasião, resolvi fazer também uma tal “cobertura cor-de-rosa”, recorte de revista não identificada dos anos 80. Ela é como um marshmallow, só que com gelatina do sabor que vc quiser.

pink-cupcakes

*************MENSAGEM IMPORTANTE*********

O concurso “VAMOS ENTRETER A HELENINHA” continua! O vencedor ou vencedora será anunciado no próximo post, em algum dia da semana que vem. A juíza será ela, a inigualável Heleninha – vamos testar as idéias que forem deixadas nos comentários até segunda-feira, 6 de julho.

*******FIM DA MENSAGEM IMPORTANTE*********

Bolo Formigueiro (Conceição) – rende 24 cupcakes

  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 200g manteiga em temperatura ambiente
  • 2 xícaras de açúcar
  • 4 gemas
  • 100g de coco ralado seco (um pacotinho)
  • 1 xícara de leite
  • 50g chocolate granulado (ou granulados coloridos)
  • 4 claras batidas em neve

Para o bolo

Preaqueça o forno a 180°C. Coloque forminhas de papel em duas formas para muffins de 12 buraquinhos. Reserve.

Em uma tigela grande, peneire a farinha e o fermento. Misture Bem. Reserve

Na batedeira, bata as claras em neve. Reserve.

Bata a manteiga e o açúcar até formar um creme branco e fofo. Junte as gemas, uma a uma, batendo bem a cada adição. Junte o coco ralado e bata para misturar. Junte a mistura de farinha, alternado com o leite (farinha/leite/farinha/leite/farinha). Misture o granulado.

Tire da batedeira. Junte as claras em neve, envolvendo cuidadosamente com uma colher grande para incorporar.

Encha as forminhas com a massa até 2/3 cheias. Asse por mais ou menos 20 a 25 minutos. Um palito deve sair seco quando espetado nos bolinhos.

Cobertura Cor-de-Rosa (fonte não identificada)

  • 1 xícara de água
  • 2 xícaras de açúcar
  • 3 colheres de sopa de gelatina de sabor morango, cereja, framboesa, etc
  • 2 claras batidas em neve
  • 1 colher de chá de baunilha (não usei)

Misture muito bem a água com o açúcar e a gelatina e leve ao fogo para levantar fervura, e até que o açúcar esteja dissolvido. Adicione esta mistura lentamente às claras batidas em neve, batendo na batedeira em velocidade máxima, até obter a consistência de suspiro (levei uns 10 minutos, na Kitchen-Aid). Acrescente a baunilha e misture bem.

Na decoração desses cupcakes, usei um saco de confeitar com bico perlê bem largo, formando montinhos de cobertura, e polvilhei com açúcar cristal colorido.

pink-cupcake-corte

O Primeiro Cupcake a Gente Nunca Esquece

cupcakesvariados

Me dá licença que eu vou falar um pouco da minha vida profissional. Sou (era) produtora de TV. E não é segredo pra ninguém que me conhece que eu não sou uma pessoa muito sortuda em se tratando de empregos. Seguem alguns exemplos:

  • Cargo: estagiária em programa de musicais (ficar o dia todo na garagem da emissora esperando artistas chegarem – muita palavra cruzada e muito bate-papo com o manobrista)
  • Cargo: estagiária de programa de auditório trash (separar brigas  familiares, ser babá de subcelebridades, arrumar elefantes cor de rosa)
  • Cargo: produtora de programa de fofocas (colar fotos de artistas numa tapadeira e inventar perguntas falsas de telespectadores)

Esse metier me colocou em inúmeras situações embaraçosas como, por exemplo, o dia que eu tive que abrir a calça da convidada para ela fazer xixi porque ela estava com o braço engessado. E esperar ela acabar. E subir a calça. E fechar o zíper. E a calça era apertada. E sorrir.

(Já vou chegar no cupcake)

Um desses empregos foi muito marcante pra mim, pelo trabalho que me dava o apresentador do programa. Não estou aqui pra apontar o dedo pra ninguém, mas era um programa que o apresentador levava uma menina de limosine no shopping para ganhar muuuiiitas roupas e no cabeleireiro para ficar com o cabelo beeem lisinho. Pois bem, no dia em que esse programa acabou, resolvemos nos reunir para assistir ao último episódio, eu e minhas colegas de trabalho. Afinal, tanto sangue, suor e lágrimas derramados não poderiam passar em branco. Resolvi fazer uns cupcakes com a cara do apresentador:

NETINHO

imagem de arquivo

Esses foram meus primeiros cupcakes. Talvez eles devessem estar no Cake Wrecks, mas ficaram uma delícia e todo mundo adorou.

Pra quem está começando no mundo dos cupcakes, é uma receita ótima e bem simples. Você só vai precisar de uma forminhas de papel grandes e uma forma especial para muffins (encontra facilmente em lojas de produtos pata confeitaria), senão as forminhas abrem e a massa vaza toda no forno. Tem pra vender umas forminhas que parecem copinhos de papel – essas dá pra usar sem ter a forma de muffin.

Bolo de Chocolate bem Facinho (rende 24 cupcakes ou um bolo grande) – do caderno de receitas da família

  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento químico
  • 1 pitada de sal
  • 2 xícaras de açúcar
  • 3/4 xícara de cacau em pó
  • 3 ovos grandes
  • 1 xícara de óleo de canola ou girassol
  • 1 xícara de água quente

Ligue o forno a 180 graus. Coloque as forminhas de papel na forma de muffins.

Na tigela da batedeira, peneire juntos a farinha, o fermento, o sal, o açúcar e o cacau. Misture bem.

Junte os ovos e o óleo, e comece a bater em velocidade baixa. Quando estiver meio misturado, junte a água quente e bata em velocidade média até estar homogêneo. Fica uma massa bem líquida.

Encha as forminhas até um pouquinho mais da metade e leve para assar por mais ou menos 15 minutos. Espete um palito – se sair seco está no ponto.

É importante tirar os bolinhos da forma ainda quentes e colocar sobre uma grade, senão pode formar uma umidade esquisita embaixo.

Cobertura Buttercream de Chocolate – daqui (1/2 receita é o suficiente)

  • 1 e 1/2 xícara de manteiga sem sal (em temperatura ambiente)
  • 2 colheres de sopa de leite
  • 250 g chocolate meio amargo picado, derretido e morninho
  • gotinhas de baunilha
  • 2 1/4 xícaras de açúcar de confeiteiro peneirado

Na batedeira, bata a manteiga até ficar cremosa. Junte o leite e a baunilha e bata até ficar homogêneo. Junte o chocolate e bata bem. Aos poucos, vá adicionando o açúcar e bata até obter a consistência desejada. Aplique nos bolinhos já frios com uma espátula. Os meus pequenos apresentadores de TV foram decorados com chocolate granulado para o cabelo e glacê real para os olhos, nariz e boca. As pupilas são cravos-da-índia.

Obs.: Para derreter o chocolate, coloque numa vasilha resistente ao microondas e aqueça em intervalos de 20 segundos, sempre mexendo. Deixe esfriar antes de usar para não derreter a manteiga.

%d blogueiros gostam disto: