pudins

Cala a boca, Galvão! – Kanten de Baunilha e Kiwi

E, quatro anos depois, chega de novo a Copa do Mundo, aquele tempinho bom em que todo mundo enforca o trabalho  para assistir futebol… E ai de quem fizer diferente!

Eu, que não entendo absolutamente nada do esporte, vou me divertindo pelas beiradas, fazendo docinhos verde-amarelos e achando muita graça dessa nossa piada interna de Cala a Boca Galvão.*

EXPLICANDO: *Pra quem não sabe, Galvão Bueno é o principal locutor de futebol da Copa do Mundo e demais eventos esportivos importantes para o Brasil. O problema é que ele é assim, digamos… meio chatinho. Fala demais, dá opiniões furadas, chora, torce e grita. Enfim, muita gente acha o Galvão um pouquinho irritante, e já virou praxe em jogos internacionais algum brasileiro levantar um imenso cartaz com os dizeres “Cala a Boca Galvão!”, que SEMPRE é focalizado por todas as TVs do mundo, mas só quem é brasileiro entende. 😉 Para se ter uma idéia,no dia da abertura da Copa, a expressão Cala a Boca Galvão entrou para os Tending Topics mundiais do Twitter!

Acho que essa Copa pra mim vai ser assim, tentando decorar os nomes dos jogadores, minha amiga Patricia Scarpin me explicando coisas como quem é aquele cara de preto no meio do campo, achando que o replay do gol foi outro gol e comemorando sozinha e convencendo a minha filha de que não existe um time ROSA para ela torcer.

Kanten de Baunilha e Kiwi (serve 6 pessoas)

Essa receita vem de um post bem bacana do blog Superziper, escrito pela querida Adriana Simizo. Dá uma chegada lá que ela explica como fazer essa gelatina linda com o sabor que você quiser.

Eu,que não gosto de gelatina normal, AMO kanten – tem uma textura bem diferente, mais firme e quebradiça, e endurece bem mais rápido, fora da geladeira mesmo. Fica linda também cobrindo tortas de frutas.

Ingredientes:

  • Um pacotinho de agar-agar/ kanten (gelatina japonesa de algas, tem pra vender no Pão de Açúcar, lojas de produtos naturais e no bairro da Liberdade em São Paulo)
  • 4 kiwis
  • 3 colheres de sopa de açúcar
  • 1/2 copo americano de leite condensado
  • 1/2 copo americano de leite
  • 1 fava de baunilha

Descasque e fatie os kiwis. Bata um deles no liquidificador com 1/2 xícara de água. Como eu queria a cobertura da minha gelatina bem transparente, eu coei, misturei o açúcar e fervi por 1 minuto esse suco de kiwi, e depois passei por um pano limpo, para ficar bem clarinho. Passe esse suquinho para um copo americano e complete com água até encher. Reserve.

Em uma panelinha, misture o leite condensado, o leite, as sementinhas da baunilha e a fava. Leve ao fovo e deixe ferver também por 1 minuto, para pegar bem o gostinho da baunilha. Retire a fava e reserve.

Leve ao fogo 1 envelope de 5 gramas de agar-agar dissolvido em dois copos americanos de água e ferva por 3 minutos.

Misture 1 copo do agar fervido e quente no suco de kiwi e 1 copo na mistura de baunilha.

Numa forma de bolo inglês molhada, coloque o suco de kiwi misturado com a gelatina, arrume as fatias de kiwi bem bonitinhas e deixe endurecer um pouco (eu coloquei na geladeira por 1 minutinho). Com cuidado, coloque a mistura de baunilha com gelatina sobre a primeira camada. Leve à geladeira por uns 30minutos, para ficar bem durinha.

Para desenformar, mergulhe o fundo da forma em água quente por alguns segundos e vire sobre um prato.

Em busca da sobremesa perfeita – Pudim de Doce de Leite

dulce-de-leche-flan

O tempo por aqui anda curto, então a história hoje vai ser curtinha também:

Sem querer ser o dr. Frankenstein das sobremesas, mas já sendo,  outro dia desses fiquei imaginando se dava pra juntar os dois doces que meu marido Xandoca mais gosta, pudim e doce de leite, em uma sobremesa só.  Essa foi uma experiência que deu certo de primeira, e já foi repetida algumas vezes por aqui – o pudim de doce de leite ficou ótimo, cremoso, o sabor do doce de leite super pronunciado.

Claro que no prato do Xandoca ainda foi colocada uma colherada extra de doce de leite, mas só “por motivos estéticos”. Sei.

E vocês: quais doces vocês gostariam de juntar em um só, se fosse possível fazer essa mágica? Respostas nos comentários – valendo!

Pudim de Doce de Leite

Preaqueça o forno a 200°C. Coloque uma assadeira funda no forno para fazer um banho-maria.

Numa forma para pudim de 20cm de diâmetro, coloque o açúcar e leve diretamente ao bico do fogão para caramelizar. Não esqueça de usar luvas longas, já que a forma vai esquentar e o caramelo quente é MUITO perigoso, queima feio. Quando estiver com aquela cor âmbar característica de caramelo, retire do fogo e vá virando a forma para caramelizar o fundo e as laterais.  Se você acha que não tem prática suficiente para queimar o açúcar direto na forma, dá também para fazer a mesma coisa numa panelinha e depois transferir o caramelo – sempre de luvas. Essa foi a parte difícil.

No liquidificador, coloque: o leite, as gemas, o doce de leite e a maizena. Bata até ficar bem homogêneo e derrame na forma caramelizada. Cubra com papel alumínio e leve ao forno em banho-maria. Asse por mais ou menos duas horas, ou até ficar firme nas bordas e meio balançando no meio.

Espere esfriar e deixe na geladeira por umas 6 horas. Para desenformar, passe uma faca pelas laterais da forma para soltar o pudim. Se estiver difícil de sair, coloque a forma direto sobre o fogo por alguns segundos para derreter um pouco a calda, e vire num prato grande.

dulce-de-leche-flan-piece

Brigadeirão com Pé-de-Moleque de Cajú

pudimLOWl

E aí que sobrou gema.

Depois de tanto marshmallow, buttercream de merengue para uns cupcakes e outras coisas mais das encomendas da semana passada, fiquei com umas 8 gemas na geladeira, olhando pra minha cara. Eu já tentei congelar, mas não deu certo, elas ficaram duras, parecendo que tinham cozinhado – se alguém souber alguma técnica de congelamento, por favor, deixe a dica.

Saí em busca de receitas só com gemas e essa aqui já era velha conhecida – brigadeirão! Achei a receitinha em algum canto da internet, nesses Tudo Gostoso da vida. É um pudim bem cremoso e denso, bem doce também, mas sempre faz sucesso.

Pra dar aquela repaginada, ao invés de cobrir com granulado de chocolate, fiz uma calda de caramelo e um praliné de castanha de caju bem fácil.

Brigadeirão

  • 2 latas de leite condensado
  • 1 xícara de leite
  • 6 gemas
  • 5 colheres de sopa de chocolate em pó
  • 1 colher de sopa de manteiga

Prepare uma forma para pudim de 20 cm untando com manteiga e polvilhando com açúcar.  Para esta versão, eu caramelizei quatro formas redondas de 10 cm da seguinte maneira:

Aqueça 1 e 1/2 xícara de açúcar em uma penela em fogo alte, sem mexer muito, até o açúcar derreter e ficar marrom claro. Distribua esse caramelo nas formas e espalle cobrindo fundo e laterais com uma colher de pau, de preferência usando pegadores de panela, para não se queimar. Sério: açúcar queimado queima MUITO, e eu tenho uma cicatriz na mão há anos pra provar.

Pre-aqueça o forno a 200 graus, coloque uma assadeira alta que caiba todas as formas dentro do forno e coloque água bem quente até a metade da assadeira.

Bata no liquidificador todos os ingredientes. Distribua entre as formas preparadas, cubra com papel alumínio e coloque com cuidado na assadeira com água que já está dentro do forno.

Asse por mais ou menos duas horas, ou até ficar mais firme nas laterais. Se a água secar, complete, senão o pudim fica ressecado.

Deixe  esfriar e coloque na geladeira por umas 6 horas (melhor de um dia para o outro). Para desenformar, passe uma faca pelas laterais da forma para soltar o pudim, peça pra Nossa Senhora do Doce te ajudar e vire num prato.  Os meus sempre saem inteiros.

Decore com chocolate granulado a gosto ou faça a frescurite abaixo.

Pé-de-Moleque (praliné) de Castanha de Cajú

  • 1/2 xícara de castanha de cajú quebrada grosseiramente
  • 1 xícara de açúcar

Unte uma assadeira com óleo . Distribua as castanhas quebradas sobre a assadeira mais ou menos próximas.

Coloque o açúcar numa panelinha antiaderente e novamente derreta o açúcar até caramelizar.  Vá pingando esse caramelo sobre as castanhas de cajú, formando desenhos. Deixe esfriar, quebre em pedaços e empregue.

formas pudim copy

Não perca: mais receitas com gemas no próximo post…

1 5 6
%d blogueiros gostam disto: