receitas de antigamente

Promoção Aniversário The Cookie Shop – Bolo Chiffon para momentos chics da mamãe

Engraçado como o tempo passa e as coisas mudam tanto: quando eu era criança, a gente andava de carro sem cadeirinha de bebê, ou até no banco da frente; engasgava com bala Soft e o tio virava a gente de cabeça pra baixo pra desengasgar como se fosse a coisa mais normal; bebia coca-cola e guaraná na mamadeira e comia cigarrinhos de chocolate .

As receitas de bolo também mudaram demais – essa receita de bolo chiffon, que minha mãe fazia sempre nos aniversários e momentos “chics” da vida familiar, leva ovos crus no glacê, coisa impensável nos dias de hoje, e muuiiita manteiga.  Mas pra mim, ele tem o gostinho delicioso da infância, e eu aproveitei pra realizar meu sonho dourado e fazer um bolo de dois andares, ainda que bem pequenino. A receita está no final deste post.

Aqui estão as fotos das leitoras que fizeram a versão delas do bolo da infância – os bolos e histórias são super divertidos, e você pode votar no seu preferido pelo número, deixando um comentário neste post *VOTAÇÃO ENCERRADA*

O bolo mais votado vai ganhar uma cópia do livro  Martha Stewart’s Cupcakes: 175 Inspired Ideas for Everyone’s Favorite Treat, e o resultado vai ser anunciado no sábado, dia 24/04 – boa sorte e obrigada por terem participado!

* clique nas fotos para aumentar

1. Adriana Oliveira, Belo Horizonte – MG

Esse pão de ló de laranja com recheio e cobertura de chocolate e café era devorado, admirado e copiado pela galera. Para as festas, ele era lindamente decorado com pêssegos em calda e uvas – a Dri foi caçar o antigo caderno da mãe, modernizou a receita e fez seu bolo preferido bem lindinho em forma de coração. A receita está no blog dela.

2. Ana Maria, Osasco – SP

Ana conta que esse é um bolo que costuma fazer desde sempre para a criançada em casa, que é muito simples, chocolate com recheio de brigadeiro e cobertura de chantilly de chocolate, daqueles prontos mesmo. Parece que a garotada ama o bolo, e não sobra pedaço sobre pedaço.

3. Ana Matusita, Campinas – SP

A Ana conta que a mãe dela não era assim uma beleza no quesito organização de festas infantis, e sempre fazia ela passar por momentos embaraçosos com os amiguinhos. O aniversário que mais ficou marcado foi o que mamãe decorou seu bolo com nada mais nada menos que… brasões de times de futebol! E ela resolveu fazer não só o bolo, como a festa toda. A receita e história completa estão no blog dela.

4. Andrea Sguizzardi Hirschheimer, São Paulo – SP

A Andrea fez esse bolo para a festa de uma amiga, para relembrar o delicioso bolo de coco gelado, daqueles molhadinhos,  embrulhados em papel alumínio, tão comuns nas festinhas dos anos 80. Foi ela mesma quem decorou a caixa – da Pucca – personagem preferida da aniversariante.  O Palácio dos Enfeites que se cuide!!!

5. Anna Paula Leal, Rio de Janeiro – RJ


Passeando por um brechó,  a Anna Paula encontrou uma edição dos anos 80 de um livro de receitas do açúcar União, e escolheu a receita da capa para fazer pra gente. É uma receita beeem à moda antiga, desde o nome (Legítimo Bolo Papo de Anjo) até os ingredientes, raros de ser ver nos dias de hoje – a massa é feita com TRINTA GEMAS!

O bolo parece delicioso, e a receita está no blog dela.

5 (esse fica sendo o 5B, tá pessoal? – erro de digitação!). Laila Costa, Belo Horizonte – MG

Laila conta: “Eu me lembrei de um bolo, do meu aniversáro de 04 anos que, quando partido, aparecia meu nome lá dentro! Era quase mágica!!! (…) Como este não tinha sido feito por nenhum parente e não fazia a mínima ideia de sua montagem, lembrei de um “Bolo Xadrez” e, como ele também fez parte de aniversários quando eu era criança e a “ideia” era mais ou menos a mesma do meu bolo de 04 anos, resolvi fazer.”
A receita está no blog dela.
6.  Rosana Marangoni, Sorocaba – SP
A Rosana reproduziu, com a receita original, o bolo inesquecível do seu aniversário de 8 anos – um sensacional bolo-piscina! Ela conta que construiu inclusive o escorregador, feito com papelão, palitos de churrasco e pasta americana. Repare que os bonequinhos estão também de trajes de banho de pasta americana. A receita está no blog dela.
7. Rosana Sperotto, São Leopoldo – RS
A Rosana foi boleira/ doceira (hoje não exerce mais a profissão), e teve a oportunidade de relembrar vários bolos marcantes da infância dela nas festas de clientes, e também nos aniversários do filho, que hoje é chef de cozinha. Ela manda a foto de um com decoração bem vintage, com babadinhos de glacê e flores – me lembrou das festas de 15 anos dos anos 80!
8. Sandra Bylaardt, Niterói – RJ

A Sandra batizou esse bolo de “Bolo Cafona”, e fez para o aniversário da mãe. Na verdade, foi uma homenagem aos bolos que a mãe fazia para ela e as 5 irmãs, um bolo branco com recheio de doce de leite e coco, sempre decorado com muitas florezinhas e folhinhas. Saiba mais no blog dela.
9. Sandra Peres, São Paulo – SP
A Sandra fez o bolo preferido dela desde o seu primeiro aniversário! Ela conta que essa massa, um pound cake,  é super versátil, só mudando os recheios e coberturas ao longo dos anos. No blog dela tem todo o passo a passo para fazer um igual, e também umas fotos incríveis de rótulos do Leite Moça antigas.
10. Talita Antunes

A Talita relembrou a infância fazendo esse lindo bolo de ursinho para o aniversário da priminha – o urso e a colméia foram esculpidos a mão pelo marido dela! O bolo base é de chocolate, e o urso e colméia são bolo branco recheados com doce de leite, e para a cobertura, ganache de chocolate branco tingido com corante e ganache de chocolate escuro.
É isso! Boa sorte a todas, e parabéns pelos lindos bolos!
Bolo Chiffon de Chocolate (do livro Bom Apetite, da Abril Cultural)
Massa:
  • 50g de chocolate em pó
  • 220g de açúcar
  • 80g farinha de trigo
  • 5 ovos
  • 3/4 xícara de água quente
  • 1/2 xicara de óleo de amendoim (usei de milho)
  • 3 colheres de chá de fermento em pó
  • 1 colher de chá de essencia de baunilha
Cobertura (atenção: o consumo de ovos crus pode ser perigoso, então é recomendado o uso de ovos pasteurizados para esta receita)
  • 260g de açúcar
  • 2 ovos
  • 100g de chocolate em pó
  • 120g de manteiga
  • 3 a 4 cálices de rum
Massa:
Desmanche o chocolate na água quente e deixe esfriar. Bata as gemas com o açúcar até obter um conjunto liso e homogêneo. A seguir, junte a farinha de trigo, o óleo, 2 colheres de chá do fermento, a baunilha e o chocolate desmanchado.
A parte, bata as claras em neve bem firme. Enquanto estiver batendo, acrescente aos poucos o fermento restante. Junte tudo a primeira mistura.
Despeje numa forma desmontável untada e enfarinhada. leve ao forno moderado. Deixe assar, tendo o cuidado de que a massa não queime. Deixe esfriar e desenforme.
Recheio e cobertura:
Bata bem os ovos. Junte o açúcar aos poucos, sem parar de bater. Adicione o chocolate em pó, a manteiga amolecida e o rum, batendo por mais uns minutos até que o conjunto fique bem cremoso e leve.
Corte o bolo em 2 ou 3 discos. Espalhe um pouco de creme no primeiro, arrume por cima outro disco e assim até o último. Por fim cubra o bolo com o resto do creme. Decore com o saco de confeiteiro e enfeite com granulado.

Receitas de Antigamente – Cupcakes Formigueiro

CUPCAKES-FORMIGUEIRO

Quando minha mãe faleceu,  acabei herdando dela alguns livros de receitas antigos, dos anos 60 e 70, e também o velho caderno de receitas.

Ele já era meu velho conhecido, tem até receitas ali com a minha letra, mas a maioria delas foi minha mãe quem coletou.  Eu tenho um verdadeiro fascínio por receitas antigas, ainda mais quando elas tem história. Então resolvi que ia testar as receitas que minha mãe deixou ali. Algumas eu já provei pelas mãos da mamãe, outras, principalmente recortes de revistas, acho que ela colou ali porque achou interessantes, não sei.

Resolvi começar por essa – uma releitura do bolo formigueiro que a Conceição, empregada de uma amiga da mamãe, fazia. Ela já tinha uma certa idade – diziam que ela era freira e tinha largado o convento, e acabou indo trabalhar como doméstica, daquelas que moram na casa.

A Conceição sempre fazia quando íamos à casa da amiga o tal bolo formigueiro: um bolo de coco bem úmido, cheinho de granulados de chocolate derretidos no meio da massa, super saboroso. Como eu não tinha granulado de chocolate em casa, resolvi fazer com um cor-de-rosa que tinha sobrado e estava dando mole na despensa. Aproveitando a ocasião, resolvi fazer também uma tal “cobertura cor-de-rosa”, recorte de revista não identificada dos anos 80. Ela é como um marshmallow, só que com gelatina do sabor que vc quiser.

pink-cupcakes

*************MENSAGEM IMPORTANTE*********

O concurso “VAMOS ENTRETER A HELENINHA” continua! O vencedor ou vencedora será anunciado no próximo post, em algum dia da semana que vem. A juíza será ela, a inigualável Heleninha – vamos testar as idéias que forem deixadas nos comentários até segunda-feira, 6 de julho.

*******FIM DA MENSAGEM IMPORTANTE*********

Bolo Formigueiro (Conceição) – rende 24 cupcakes

  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 200g manteiga em temperatura ambiente
  • 2 xícaras de açúcar
  • 4 gemas
  • 100g de coco ralado seco (um pacotinho)
  • 1 xícara de leite
  • 50g chocolate granulado (ou granulados coloridos)
  • 4 claras batidas em neve

Para o bolo

Preaqueça o forno a 180°C. Coloque forminhas de papel em duas formas para muffins de 12 buraquinhos. Reserve.

Em uma tigela grande, peneire a farinha e o fermento. Misture Bem. Reserve

Na batedeira, bata as claras em neve. Reserve.

Bata a manteiga e o açúcar até formar um creme branco e fofo. Junte as gemas, uma a uma, batendo bem a cada adição. Junte o coco ralado e bata para misturar. Junte a mistura de farinha, alternado com o leite (farinha/leite/farinha/leite/farinha). Misture o granulado.

Tire da batedeira. Junte as claras em neve, envolvendo cuidadosamente com uma colher grande para incorporar.

Encha as forminhas com a massa até 2/3 cheias. Asse por mais ou menos 20 a 25 minutos. Um palito deve sair seco quando espetado nos bolinhos.

Cobertura Cor-de-Rosa (fonte não identificada)

  • 1 xícara de água
  • 2 xícaras de açúcar
  • 3 colheres de sopa de gelatina de sabor morango, cereja, framboesa, etc
  • 2 claras batidas em neve
  • 1 colher de chá de baunilha (não usei)

Misture muito bem a água com o açúcar e a gelatina e leve ao fogo para levantar fervura, e até que o açúcar esteja dissolvido. Adicione esta mistura lentamente às claras batidas em neve, batendo na batedeira em velocidade máxima, até obter a consistência de suspiro (levei uns 10 minutos, na Kitchen-Aid). Acrescente a baunilha e misture bem.

Na decoração desses cupcakes, usei um saco de confeitar com bico perlê bem largo, formando montinhos de cobertura, e polvilhei com açúcar cristal colorido.

pink-cupcake-corte

1 5 6
%d blogueiros gostam disto: