Arquivo da tag: merengue

Sanduíches de suspiro com chocolate meio amargo

sanduíches de merengue com chocolate meio amargo

Vocês pensam que é fácil a vida da doceira, mas é uma luta. Explico: a gente acaba fazendo sempre os mesmos doces para as encomendas das clientes, mas aí é aquela coisa – sobra um pouco de brigadeiro aqui, uma tampa de bolo ali, aquele cookie que ficou feio e não passou no controle de qualidade  fica rodando na tapaué olhando pra você.

Aí, de vez em quando, a gente olha aquilo tudo e a cabecinha começa a pensar – e se eu juntasse esse resto de doce de leite com aquele resto de bolo de nozes e fizesse um pavê? E se eu esmigalhasse esses cookies e fizesse um sorvetinho? Aí, em nome da gordice  ciência, a gente faz esse tipo de experiência bem calórica que atrapalha toda a alimentação equilibrada que eu sempre sonhei em ter.

Já contei aqui que a minha vizinha é uma sortuda, porque eu despacho sempre alguma coisa pra lá, mas esses sanduíches de merengue com chocolate… Desculpa aí, vizinha, mas fico te devendo.

Os componentes da receita: uma sobra de merengue que eu uso como cobertura de bolos e cupcakes, que assei em forno baixíssimo por umas 3 horas até secar e ficar crocante e uma ganache de chocolate meio amargo que serve para várias coisas – desde cobrir bolos até enrolar em trufinhas.

Sanduíches de Suspiro com Chocolate Meio Amargo

Suspiro (esta receita precisa de um termômetro para uso culinário)

  • 3 claras grandes
  • 1 xícara de açúcar refinado
  • 1/2 colher de chá de extrato ou essência de baunilha

Ganache

  • 400g de chocolate meio amargo em barra, picadinho
  • 200g de creme de leite UHT

Prepare o suspiro

Forre duas assadeiras grandes com papel manteiga e prepare um saco de confeitar grande com um bico pitanga (eu usei o 1M da Wilton). Aqueça o forno  a 100 graus – se no seu não tiver essa temperatura coloque na mínima e deixe uma colher de pau na porta do forno. Numa tigela resistente ao calor, misture as claras e o açúcar. Coloque o termômetro na tigela e leve ao banho-maria, misturando com um fuet, até as claras atingirem 71 graus Celsius. Leve à batedeira e bata por mais ou menos 7 minutos, ou até ficar em ponto de merengue, formando picos firmes. Junte a baunilha e bata mais um pouquinho para misturar.

Passe a mistura para o saco de confeitar e forme rosinhas de merengue nas assadeiras preparadas. Achei esse video que mostra direitinho como eu fiz:

Leve ao forno por mais ou menos 2 horas, dependendo do tamanho dos seus merengues, ou até secarem bem.

Prepare a ganache:

Leve o chocolate ao microondas em intervalos de 30 segundos até ele estar parcialmente derretido, ou seja, quase todo liquido mas com alguns pedacinhos ainda inteiros no meio. Tire do microondas e misture com uma espátula até terminar de derreter tudo. Verifique se o chocolate está muito quente colocando um pouquinho no lábio – misture o creme de leite só quando estiver quase frio.

Deixe a ganache repousar até ficar em ponto pastoso para utilizar. Não coloque na geladeira, senão vai endurecer muito.

Montagem:

Coloque a ganache num saco de confeitar com bico liso pequeno ou pitanga francesa e aplique o recheio em metade dos suspiros, na parte lisa. Cubra com os suspiros restantes. Pode ser guardado em recipiente com tampa por até dois dias. Como essa ganache fica bem durinha é bem fácil de embalar para presente sem o risco de escorrer e melar tudo.

Projeto SalvaCão – ossinhos de suspiro

Eu nunca tive um cachorrinho, mas na minha casa sempre teve espaço pros gatinhos. Minha mãe era apaixonada por animais, especialmente gatos, então vira e mexe a gente acabava com um vira-latinha em casa.

Aprendi com ela que bicho não se compra, se adota.

Admiro demais as pessoas que se mobilizam pra recolher um animal que está na rua e viram suas vidas de cabeça pra baixo pra arrumar um lar, donos bacanas e um ambiente saudável pros peludos. Uma dessas pessoas é a veterinária da minha gata, a Dra. Janaína.

Na minha última visita ao seu consultório, reparei na presença simpática da Doralice, uma doce cadelinha, bem magrinha, que se movimentava numa “cadeira de rodas” e usava fraldas de bebê. A Dra. me contou que a Doralice tinha sido abandonada por seus donos, doente, e seria sacrificada no Centro de Controle de Zoonozes, se não fosse pela boa vontade e rapidez dela e das outras meninas do Projeto SalvaCão.

Mas o que é esse projeto?

Nas palavras delas:

Nós (Lele, Dave, dra. Janaína – e Dri e Fernanda, do Segunda Chance) nos juntamos e agora temos este projeto, que ajuda a recolher das ruas, cuidar e divulgar para adoção os cachorros abandonados/machucados.(…) O objetivo é poder sempre resgatar e manter 2 ou 3 cachorros de rua em tratamento, continuamente. Sendo adotados, pegamos outros na rua, tratamos, mandamos para adoção, e assim por diante.

Todos juntos somos fortes.

Taí gente: nem todo mundo pode ir lá, pegar o bichinho, levar pra casa e arrumar um lar, mas todo mundo pode ajudar essa galera a continuar esse trabalho bem bacana. É só entrar neste link e colaborar com a vakinha do projeto, com qualquer quantia. Vai lá, que eu espero aqui com a receita dos suspirinhos na volta, tá? 🙂

 

Ossinhos de Suspiro – (rende 30 ossinhos)

Nunca tinha conseguido fazer suspiros assim crocantes, branquinhos e sem rachaduras – então fui pedir ajuda pras universitárias doceiras no Facebook. Azamigas Alessandra e Cris deram a dica: forno bem baixinho e porta meio aberta, para secar o merengue sem dourar. Deu certinho, viu queridas?

A idéia de fazer os ossinhos com suspiro veio de uma foto que vi numa revista no Halloween do ano passado – fica aí a dica também para festas mais aterrorizantes.

Ingredientes:

  • 4 claras
  • 250g de açúcar refinado
  • essência de baunilha ou raspinhas de limão a gosto

Forre duas assadeiras grandes com papel manteiga ou tapetinhos de silicone (silpat) e reserve.

Prepare um saco de confeitar com um bico perlê grande, com abertura de 1 a 1,5cm, e apóie dentro de um copo alto.

Bata na batedeira as claras em neve, até obter picos firmes. Acrescente o açúcar aos pouquinhos, sem parar de bater, até ficar bem firme e brilhante. Junte a baunilha ou as raspinhas de limão e misture bem. Passe a massa do suspiro para o saco de confeitar e faça os ossinhos (ou pingue bolinhas) nas assadeiras preparadas.

Coloque as assadeiras no forno e ligue na temperatura mínima (deixei o meu a 100°C), e coloque uma colher de pau na porta para que ela fique entreaberta. Deixe secar por 1h30 a duas horas, checando de vez em quando para ver se não está dourando.

Desligue o forno e deixe os suspiros esfriarem lá dentro completamente. Guarde em pote com tampa por até 3 dias.

%d blogueiros gostam disto: