Arquivo da tag: sorvete

Sorvete de cheesecake

sorvete-de-cheesecake

 

Sabe aquelas receitas que é só abrir a geladeira ou a despensa e todos os ingredientes estão ali? É só pegar tudo e ir pra cozinha? Então, essa não é uma delas.

Eu tenho uma lista interminável dessas receitas, parece aquelas cartas quilométricas que os fãs mandam pros seus ídolos.

577156_235309963246528_100003025788406_31554637_587375731_n

SIMULAÇÃO

Pra elas saírem do papel é preciso  que os astros se alinhem, todos os ingredientes estejam na minha cozinha e, o mais importante, a preguiça esteja de folga naquele dia.

Foi o caso desse sorvete de cheesecake, que aconteceu num momento de quase milagre/cometa halley em que o cream cheese e o creme de leite estavam na promoção em plena época de morangos. Não precisou nem espantar a preguiça já que a única coisa que vai ao fogo é a caldinha, o resto é só bater no processador e gelar na sorveteira.

Adorei o sorvete, a receita com certeza foi pro trono pelo sabor, cremosidade e praticidade. Luan, pode riscar aí da nossa lista.

Sorvete de cheesecake com calda de morango – adaptado do blog Joy the Baker

rendimento: 6 porções

  • 1 caixinha de morangos (lavados, sem folhas e cortados em quartos)
  • 60g de açúcar refinado (para a calda)
  • 300g de cream cheese gelado
  • 240g de creme de leite fresco gelado
  • 250ml de leite gelado
  • 210g de açúcar refinado (para o sorvete)
  • raspas de limão ou extrato de baunilha

Comece pela calda: leve os morangos e os 60g de açúcar ao fogo numa panela e cozinhe em fogo médio-baixo até ferver e o açúcar dissolver. Os morangos solta bastante suco, mas se ficar muito seco pode colocar um pouquinho de água. Deixe a calda de morangos esfriar antes de usar.

Para o sorvete: bata todos os outros ingredientes no processador até ficar uniforme e leve esse creme para a máquina de sorvete seguindo as instruções do fabricante. Normalmente eu deixo meus sorvetes na sorveteira por no máximo 25 minutos.

Passe o sorvete para um recipiente que possa ir ao freezer intercalando com a calda de morangos fria ou gelada, formando um leve marmorizado. Tampe e leve ao freezer ou congelador por pelo menos 3 horas para firmar antes de servir. Sugestão: sirva com biscoitinhos amanteigados, que farão as vezes da massinha do cheesecake.

 

strawberry-cheesecake-icecream

 

 

Save

Save

Sorvete de Quindim

Outro dia comprei pra minha filha um biscoito industrializado, daqueles de leite que tem um desenho quadriculadinho, sabe? Não sou muito de comprar essas coisas, mas era o biscoito que eu mais gostava quando era menina e acabei levando por nostalgia, e também porque fui ao supermercado com fome, o que aumenta em 200% o risco de cometer gordices.

Abrimos felizes nosso pacotinho, eu e a minha menininha, e foi uma decepção monstruosa – biscoitos secos, com gosto pronunciado de farinha, e o aroma artificial que apenas lembrava remotamente o que aquele produto já foi um dia, longínquas décadas atrás. E para provar que não se trata de frescura, nem a criança conseguiu comer aquela porcaria.

O mesmo se deu com um pote de sorvete que veio parar aqui em casa numa noite de pizza – péssimo, gorduroso, um sorvete de mentira.

Como a indústria alimentícia conseguiu estragar tanto seus produtos só os cientistas podem explicar – o fato é que só me restou fugir dessa comida de laboratório e me jogar na sorveteira e no túnel do tempo, e tentar recriar o meu sorvete preferido da infância. Sim, existia um sorvete de quindim industrializado, alguém mais se lembra dele?

O sorvete ficou ótimo, com provavelmente 3 milhões de calorias, mas com a deliciosa sensação de alívio de saber exatamente o que tinha ali dentro daquele pote.

Sorvete de Quindim

  • 3/4 xícaras de coco fresco ralado fino
  • 250g de açúcar
  • 3/4 xícara de água
  • 1 pitada de sal
  • 1 colherer de sopa de manteiga
  • 1 colheres de chá de baunilha
  • 9 gemas passadas na peneira
  • 1 xícara de creme de leite fresco

Numa panela de fundo grosso, coloque o açúcar, a água e o sal.
Leve para ferver em fogo alto, sem mexer a calda, até o ponto de fio, mais ou menos 7 minutos de fervura.
Retire do fogo, coloque a manteiga sem mexer e espere a calda esfriar um pouco. Junte o coco e as gemas, misture bem e leve novamente ao fogo baixo, mexendo sempre, até engrossar.
Desligue o fogo e junte o creme de leite fresco.

Passe a mistura para um tigela e cubra com filme plástico aderido à superfície do creme. Deixe esfriar e leve à geladeira por 6 horas, ou de um dia para o outro.

Passe a mistura pela sorveteira de acordo com as instruções do fabricante e leve ao freezer por algumas horas para firmar bem.

Deu no NY Times – sorvete de leite condensado mais fácil do mundo

Eu e o NY Times temos uma relação antiga – não que eu seja uma leitora ávida do famoso jornal – nem de longe.

O caso é o seguinte: quando eu trabalhava com jornalismo – admito – eu era um peixe fora dágua. Tentava ficar informada sobre os fatos relevantes do Brasil e do mundo e coisa e tal, fazia uma cara de conteúdo e fingia que tinha uma opinião sobre tudo (como um verdadeiro jornalistão deve ter), mas o fato é que mais de uma vez quando mencionaram o nome do Chavez (Hugo Chavez, presidente da Venezuela) eu fiquei a conversa toda imaginando o Chaves – aquele do Kiko, seu Madruga e Dona Florinda. É, eu sei – sou uma criatura contaminada pela cultura pop e não levo nada a sério.

Eu bem que tentava usar a internet para ficar a par dos acontecimentos pelas agências de notícias e etc, mas fatalmente acabava passando uma boa parte do meu tempo olhando… blogs de comida. Aí que entra o NY Times, meu amigão – a página do jornal ficava ali, aberta o dia todo numa aba do meu navegador, e  no que chegava alguém, para todos os efeitos, era isso que eu estava lendo, interessadíssima.

Até que descobri que eles tem um ótimo caderno sobre comida, com receitas bem legais – dá pra ficar horas passeando por lá, e seu chefe ainda vai achar que você é super inteligente e informada.

Esse sorvetinho veio das páginas do jornal mais famoso do mundo – me chamou a atenção porque ele leva apenas 3 ingredientes, não precisa de sorveteira para prepará-lo e a textura fica incrível, sedosa  e totalmente sem cristais de gelo. Mas atenção: ele é beeem doce, vale servir com frutas ou acompanhando uma sobremesa menos açucarada para dar uma balanceada.

Sorvete de Leite Condensado Super Fácil (adaptado do NY Times)

  • 1 xícara de creme de leite fresco bem gelado
  • 1 lata de leite condensado gelada
  • 1/2 fava de baunilha (ou 2 colheres de chá de essência de baunilha)

Bata o creme de leite gelado na batedeira até obter picos moles. Vá adicionando o leite condensado gelado aos poucos, batendo em velocidade baixa. Junte a baunilha e bata mais um pouco, em velocidade média, até ficar cremoso.

Passe a mistura para um recipiente com tampa e leve ao freezer por 6 horas. Deixe na geladeira por uns 10 minutos antes de servir.

%d blogueiros gostam disto: