Direto do Japão – Bolo marmorizado de limão e matchá

Tô viva, viu, gente? É que ando trabalhando tanto que ando sem tempo de postar, nem de cozinhar nada diferente para o blog, já que as encomendas não tem saído muito do circuito cupcakes, bolos decorados e cookies (quem quiser ver as novidades, dá uma chegada no meu flickr).

Numa dessas encomendas, recebi a visita de uma amiga querida, a Catarina, que vai se casar e me pediu pra fazer o bolo do casamento. Foi uma visita super gostosa, o noivo também veio (ele também é  food blogger). O interessante  é que eles se conheceram enquanto estavam morando em Tóquio, e me trouxeram de presente um pacotinho de matchá diretamente do Japão.

Para um ingrediente tão especial, vindo de tão longe,  fui procurar receitas também especiais. Achei essa aqui, no blog da Joy – um bolo amanteigado, delicioso, azedinho na medida e com o sabor suave do matchá aparecendo sutilmente.

E não dá pra acreditar em como é fácil de fazer, sem nem batedeira envolvida.

* Recadinho para Catarina e Bryan: obrigada pelo presentinho! Desejo toda a felicidade do mundo pra vocês, que formam um casal tão lindo e harmonioso como esse bolinho de matchá com limão.

Bolo Marmorizado de Matchá e Limão (adaptado daqui) – rendem 2 bolos pequenos

UPDATE: Pra quem não conhece o matchá, é um tipo de chá verde, que produz uma bebida cremosa e é muito utilizado na culinária. Dá uma olhada nos comentários que a leitora Carolina Freitas pesquisou e explica bem direitinho o que é.

  • 2 2/3 xícaras de farinha de trigo
  • 2 1/2 colheres de chá de fermento
  • 1 pitada de sal
  • 2 1/3 xícaras de açúcar
  • 6 ovos
  • 2/3 xícara de iogurte natural
  • casca de 1 limão ralado e suco de meio limão
  • 1 colher de sopa de matchá em pó
  • 200g de manteiga sem sal, derretida (deixe esfriar um pouco para utilizar)

Preaqueça o forno a 180°C. Unte e polvilhe com farinha de trigo duas formas pequenas para bolo inglês.

Peneira juntos numa tigela a farinha, o sal e o fermento. Reserve.

Numa outra tigela grande, misture os ovos e o açúcar muito bem. Adicione o iogurte. Junte a farinha com o fermento em duas ou três adições, misturando com uma espátula somente até a farinha desaparecer na massa – não é necessário bater.

Junte então a manteiga derretida e envolva na massa até incorporar bem.

Divida a massa em duas tigelas – em uma misture a raspa de limão e o suco. Na outra, misture o matchá.

Intercale nas formas a massa verde e branca  às colheradas até acabar. Passe uma faca em zigue zague para formar o marmorizado, mas sem misturar demais (umas duas passadas de faca são suficientes).

Leve ao forno para assar por mais ou menos 40 minutos, ou até o palito sair seco. Deixe amornar sobre uma grade e desenforme.

Anúncios

17 comentários

  1. Ah Paula… Só você mesmo! E pra aguçar a nossa curiosidade, nem colocou o que seria o Matchá! Mas eu recorri ao “amigo Google” pra tirar essa pequena dúvida:

    “… o Matchá é considerado o mais puro e concentrado dos chás verdes (Camellia sinensis), contendo o máximo possível da riqueza de nutrientes dessa planta… Uma outra característica do Matchá é sua riqueza em L-Teanina, um aminoácido que provoca sensação de relaxamento e melhora da concentração. Seu gosto não é amargo, como o do chá verde normalmente consumido. Matchá contém de 10 a 15 vezes os nutrientes dos chás branco, verde, preto e de erva mate.”

    Fonte: http://www.webartigos.com/articles/12644/1/Matcha/pagina1.html#ixzz13KOvDMJH

    Vc tem uma jóia ai nas suas mãos e usou com todo o glamour! Deve ter ficado muito bom esse bolo!

    Sou sua fã declarada!

    Bjos!

  2. Laély diz:

    Que fofos: o bolo e a kokeshi! Tenho uma coleção delas.
    Que peninha: não faço a mínima ideia do que seja “matchá”! Pode-se usar outra coisa?
    Fiz o pão de queijo na máquina de waflle e deu super-certo! Muito prático! Até deixei o link da sua receita, no post onde o mostrei.
    Abraço!

  3. Paulinhaaaaaa!

    Estamos super lisonjeados!!! Paulinha, a boleira-doceira mais hype de São Paulo (quiçá do Brasil), mostrará seu talento em nosso casamento! Esse bolo tem até a nossa cara. E a gente já concordou: o matchá sou eu. E o Bryan é o limão.

    Beijos,

    Cata e Bryan

  4. Isabela Sá Siqueira diz:

    Olha, eu não conhecia o tal do “matchá” (e não encontrei na cidade onde moro ¬¬ )… Bom, mas no lugar dele coloquei gelatina de limão. O efeito não ficou do jeito que eu esperava, mas o pessoal lá de casa gostou (e racharam de rir quando viram a receita original)…

    Bom, como o resultado não me agradou, dei uma zapeada pela internet e achei uma receita de bolo mousse de limão … Essa receita ficou bem boa (serviu para me consolar depois do fiasco com bolo de gelatina). Mas ainda estou moooooorrendo de vontade de experimentar o tal do matchá. Alguém aí sabe de um site onde eu possa encontrar essa raridade????

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: