receitas

Queijadinha (Rose)

Eu não sei quem é a Rose. Sei que ela passou essa receita pra minha mãe, que deve ter gostado muito porque anotou no nosso caderninho. Lembro te ter comido essa queijadinha quando era pequena, mas não foi feita muitas vezes, e também não estava junto no momento dessa preparação, o que acabou me criando um problema: a receita era só uma lista de ingredientes, sem nenhum instrução a não ser a palavra BATER antes deles.

Mas bater como? Batedeira? Liquidificador? à mão?

O resto (temperatura do forno, tamanho de forma) a gente adivinha fácil, mas e o resto?

A lista de ingredientes também levantou vários questionamentos: quantos gramas tinha um pacote de coco ralado nos anos 80? 100g? 50? Qual o tamanho da colher de sopa pra medir o queijo e a farinha?

Infelizmente jamais saberemos e aí utilizei a ciência menos valorizada no mundo da confeitaria: o chute.

Então está aqui uma tradução/ releitura da queijadinha da misteriosa Rose, que ficou simplesmente deliciosa ainda que seja só uma versão da que mamãe fez um dia. Espero que gostem e que também traga pra vocês memórias gostosas.

Continuar lendo

Galette de maçã com caramelo salgado

Sei lá quantas receitas de torta de maçã já postei neste humilde espaço, mas é fato que a maçã é a rainha das frutas em doces, vocês não acham? Quando assadas elas passam por uma metamorfose e se passam de uma fruta besta a uma jóia complexa, mesmo a mais sem graça delas.

Essa torta rústica, mais conhecida como galette, elevou minhas humildes maçãzinhas a uma das melhores sobremesas que já saíram dessa cozinha, juro pra vocês.

É tudo muito simples de fazer, uma massa e a fruta com uma pouco de açúcar e limão, e poderia ser só isso, mas a adição do caramelo salgado fez toda a diferença no sabor e recomendo demais esse passo extra. Especialmente se vocês forem fazer numa ocasião especial (alô Natal chegando), derramem um (ou 10) fios de caramelo sobre uma fatia morninha e dê uma pausa para os aplausos.

Continuar lendo

Barrinhas de Limão com Leite Condensado

Adoro todos os doces de limão – e essas barrinhas me chamaram a atenção por dois motivos: a facilidade da receita e o creminho que leva leite condensado. Curioso uma receita gringa com o nosso mais querido ingrediente brazuca né? A gente quase não vê e já precisei testar.

Com 7 itens e uma horinha do seu tempo você vai conquistar o prêmio desses quadradinhos amanteigados, cremosos e com jeitinho de torta de limão. Arrisco dizer que super daria para assar numa forma de torta e cobrir com chantilly ou um merenguinho, fica a idéia aí jogada no ar pras amigas que quiserem experimentar.

Continuar lendo
1 2 62
%d blogueiros gostam disto: