chocolate

Muita cobertura de cream cheese com pouco de bolo de chocolate

bolo chocolate cream cheese

Pois cismei que ia fazer um bolo de chocolate com beterraba.

Fui lá no hortifruti. Comprei as beterrabas. Cozinhei as beterrabas. Descasquei as beterrabas. Cortei as beterrabas.

Fiz purê com as beterrabas. Coloquei o purê das beterrabas na massa do bolo.

A massa do bolo ficou roxa.

Coloquei o bolo no forno.

Minha casa ficou com cheiro de beterraba.

Minha mão ficou com cor de beterraba.

E o bolo?

Ficou com gosto de

.

.

.

.

.

.

beterraba.

Gente, juro pra vocês. Achei que ia ser uma daquelas receitas que a gente dá pros filhos e eles comem o bolo inteiro achando uma delícia e no fim a gente fala na cara deles – GOSTOU? ERA DE BETERRABA HUEHUEHUE! – mas nem sempre a vida dá um presente desses pra gente.

Infelizmente esse foi o fim do bolo de beterraba, que deus o tenha. Da receita só se salvou a deliciosa (do nivel comer de colher pura mesmo) cobertura de cream cheese, que pra não perder a viagem acabou coroando um bolinho simples e honesto, de chocolate mesmo, sem a intromissão de nenhum vegetal.

Bolo de chocolate simples e honesto com cobertura deliciosa de cream cheese

Rende um bolo grande

Para a massa

  • 2 xícaras de açúcar
  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 3/4 xicara de cacau em, pó
  • 1 colher de sopa de fermento
  • 1 colher de café de bicarbonato
  • pitada de sal
  • 1 xícara de café coado e frio
  • 1 xícara de iogurte natural
  • 1/2 xícara de óleo de canola ou girassol
  • 2 ovos
  • essexcia ou extrato de baunilha

Aqueça o forno a 190 graus. Unte e polvilhe cacau em pó numa forma de bolo com furo no meio das grandes (25cm de diâmetro).

Numa tigela grande misture todos os ingredientes secos. Junte o restante dos ingredientes e misture bem com um fouet ou bata na batedeira em velocidade média até misturar tudo. Coloque a massa na forma e asse por mais ou menos 50 minutos, ou até passar no teste do palito. Desenforme morno e deixe esfriar antes de aplicar a cobertura.

Cobertura:

  • 100g de cream cheese
  • 2 xícaras de açúcar de confeiteiro
  • extrato ou essencia de baunilha ou raspas de limão
  • um pouquinho de leite ou suco de limão,  se necessário, para deixar a cobertura mais fluida

Na batedeira misture o cream cheese em temperatura ambiente com o açúcar de confeiteiro. Junte a baunilha (ou raspas de limão) e bata até ficar uma cobertura molinha. Se estiver muito grossa, afine com um pouquinho de leite, uma colher de sopa por vez, ou ainda suco de limão se quiser a cobertura azedinha.

Aplique no bolo frio.

cream cheese icing

O prato lindo utilizado nas fotos foi gentilmente cedido pela designer Manu Pimentel. Para conhecer suas peças e encomendar, o contato pode ser feito pelo instagram @manupimentel_ ou pelo email atendimento@manupimentel.com.

Palha italiana de chocolate da Chocolatria

palha italiana

Cês acreditam que eu nunca tinha feito palha italiana?

Acho que a razão principal é que eu detesto bolacha (ou biscoito) de maizena – ainda mais hoje em dia que parece que a maioria dos biscoitos industrializados são feitos de papelão.

Com a produção de biscoitos amanteigados para o natal a todo vapor por aqui sempre acabo com muitas sobrinhas de massa, aquelas rebarbinhas pequenas que nem vale a pena reaproveitar para fazer novos biscoitos mas dá dó de jogar fora sabe? O que eu tenho feito é assar esses pedacinhos de massa do jeito que estão e guardar numa lata. Assim dá pra ter um petisco para o cafezinho ou biscoitos caseiros para usar em outras receitas – como essa palha italiana de chocolate simplesmente divina da querida Simone da Chocolatria.

Arrisco dizer que quem ganhar um vidro delas no natal vai gostar mais de você para sempre e aquela sua tia que dá meias pra todo mundo vai ficar com cara de tacho.

Palha Italiana de Chocolate da Chocolatria

receita original aqui

rendimento: mais ou menos 30 quadradinhos pequenos

  • 1 lata de leite condensado
  • 2 colheres de sopa de manteiga com sal (poder usar sem sal de preferir)
  • 60g de creme de leite
  • 100g de chocolate meio amargo picado
  • 200g de biscoitos amanteigados quebrados (ou qualquer biscoito de sua preferência)
  • Açúcar refinado para cobrir

Prepare um refratário ou forma retangular pequena forrando com plástico filme.

Leve ao fogo numa panela de fundo grosso todos os ingredientes, menos os biscoitos. Leve ao fogo médio-baixo mexendo sem parar até ferver. Abaixe o fogo e continue mexendo até engrossar e desgrudar do fundo da panela, mais ou menos uns 10 minutos. A Simone dá a dica de testar o ponto num pires gelado, coloque um pouquinho da massa e veja se dá o ponto de enrolar.

Retire do fogo e misture os biscoitos quebrados. Passe para o refratário preparado com filme e arrume direitinho, alisando bem. Vede com mais plástico e leve à geladeira ou freezer para endurecer.

Retire o plástico e corte a placa em quadradinhos no tamanho que quiser. Passe pelo açúcar e guarde em potes vedados por até uma semana, ou congele se precisar guardar por mais tempo.

palha italiana chocolatria

Copinho Twix (biscoito, caramelo e chocolate)

taça twix

Final de ano tá corrido demais, e eu tinha preparado um caramelo bem delícia pra fazer umas barrinhas. Só que entraram umas coisas na frente na lista de prioridades e as barrinhas foram pro fim da fila, tipos em 25.009.679º lugar e aquele caramelo ali olhando pra minha cara a caba abertura de geladeira.

Como lidar? Fazendo aquele McGayver culinário né gente. E eis que nasce o copinho Twix, baseado em fatos reais e livremente inspirado na pecaminosa barrinha de chocolate.

Te digo apenas que: vai ter copinho twix em todas as festinhas de aniversário pra sempre no lugar do brigadeiro de colher, porque como ele é bem docinho fica ótimo em porções pequenas – fora que as camadinhas aparecendo ficam uma lindeza.

Se não quiserem fazer o copinho podem fazer só o caramelo mesmo, porque olha, ficou de passar na cara.

Twix de Copinho – Receita do caramelo original do site da Namaria Braga

rende 25 copinhos

Para o caramelo:

  • 50g de manteiga sem sal
  • 1 lata de leite condensado
  • 1/4 xícara de açúcar mascavo (medir apertando na xícara)
  • Flor de sal (opcional)

Para a cobertura de chocolate

  • 100g de chocolate meio amargo picado
  • 15g de manteiga sem sal

Para a base

  • biscoito moído/quebrado de sua preferência (usei uns amanteigados caseiros)

Prepare o caramelo: leve todos os ingredientes ao fogo médio mexendo sem parar. Quando ferver, abaixe o fogo e continue mexendo até engrossar. Deixe esfriar.

Prepare a cobertura: Derreta o chocolate com a manteiga em banho-maria ou no microondas. Reserve.

Montagem: coloque um pouquinho de biscoito no fundo de copinhos próprios para docinhos. Com a ajuda de um saco de confeitar coloque uma porção de caramelo em cada copo. Finaliza com uma camadinha de chocolate. Leve à geladeira para endurecer um pouquinho a cobertura e sirva.

Pode fazer com antecedência de até dois dias.

twix de copinho

Brigadeirão da Palmirinha

brigadeirão da palmirinha

Já contei mil vezes pra vocês que antes de ser doceira trabalhava na TV como produtora né?

Devo ter umas 4 mil histórias pra contar dessa época ~mágica~ da minha vida, desde ter andado de limousine em Hollywood até ter procurado um sambista bêbado perdido na Av Paulista que ia entrar no ar ao vivo e sumiu (não me peçam nomes que eu não falo nem sob tortura).

Mas de todas as minhas experiências, uma das mais legais pra mim é ter trabalhado com a Palmirinha Onofre. Na verdade nem era minha obrigação, eu produzia um outro segmento na emissora, mas havia uma coincidência de horários e eu ficava meio de bobeira logo na hora em que ela estava fazendo a preparação da receita do dia. Enquanto a gente papeava eu ia ajudando a picar um chocolate, lavar um prato, provava um bolinho de chuva, e assim meu dia mega estressante tinha um momento de paz e felicidade.

Daquela época eu guardei algumas receitas que tive o prazer de provar pessoalmente, e esse brigadeirão é uma delas – fora de brinca, nunca provei um igual. Fica super cremoso, sem nenhum furinho e com um gostinho de chocolate quente que a vó fazia.

Brigadeirão da Palmirinha

rendimento: 1 pudim de 20cm de diâmetro

  • 1 lata de leite condensado
  • 1 xícara (250ml) de leite integral
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 6 gemas
  • 4 colheres de sopa de chocolate em pó (50% de cacau)
  • chocolate granulado para a cobertura

Unte uma forma de pudim de 20cm de diâmetro com manteiga e polvilhe com açúcar. Reserve.

Preaqueça o forno a 190 graus. Prepare um banho-maria: coloque uma assadeira na grade mais baixa do forno e encha até a metade com água bem quente.

Bata no liquidificador todos os ingredientes menos o granulado (coloque primeiro os liquidos no copo do liquidificador). Bata até ficar bem homogêneo e passe a mistura para a forma preparada. Cubra com papel alumínio e coloque dentro da forma do banho-maria.

Asse por aproximadamente 01h30, observando se a água não começa a secar – se secar vá completando, senão o pudim talha e perde a cremosidade.

Dá pra ver se está pronto se o pudim estiver firme, mas ainda meio balançando no centro – pode testar com o dedo mesmo.

Deixe amornar e leve à geladeira por pelo menos 6 horas, ou de um dia para o outro.

Para desenformar passe uma faquinha pelas laterais da forma deixando entrar um pouquinho de ar. Se estiver muito colado, coloque por alguns segundos sobre a chama do fogão e tente novamente.

Vire sobre um prato e decore com o granulado. Sirva gelado.

fatia de brigadeirão

Gelatina de Chocolate

gelatina de chocolate

Confesso pra vocês que tinha um pouco de pé atrás desses sites grandes que todo mundo posta receitas. Uma das razões é que eu de vez em quando acho umas fotos aqui do blog com umas receitas nada a ver, aí já me dá um nervoso e uma vontade de avisar que aquela foto não é daquele doce, sabe como é?

Daí apareceu no facebook uma página chamada Tudo Mais ou Menos Gostoso, já viram? Eles ficam fuçando os comentários das receitas atrás de piadas – e encontram pérolas como:

tudo mais ou menos gostoso

Por causa da página acabei me entretendo nas receitas desse site, e no fim mudei de idéia – achei muito democrático, uma comunidade onde todos podem deixar sua receita (e seus comentários sobre) e uma fonte de informação para quem está afim de aprender a cozinhar.

Em homenagem a essa linda, louca e frenética troca de receitas resolvi fazer uma receita do site Tudo Gostoso. Pra ser fiel à comunidade mudei as quantidades, alguns ingredientes, e principalmente o modo de fazer – mas ficou uma delícia, a familia toda adorou. *****

Gelatina de Chocolate

Receita adaptada livremente de inúmeras receitas do site Tudo Gostoso

rende 1 forma pequena ou de 6 a 8 tacinhas.

  • 200g de chocolate meio amargo ou amargo picadinho
  • 1 xícara de água
  • 1 envelopinho de gelatina em pó sem sabor (mais 5 colheres de sopa de água para hidratar)
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 caixinha de creme de leite

Numa tigela resistente ao calor, coloque o chocolate e a xícara de água e leve ao microondas para derreter, em intervalos de 30 segundos. Misture bem e reserve.

Numa tigelinha pequena, misture a gelatina e as 5 colheres de sopa de água. Deixe repousar por 5 minutos e leve ao microondas por 15 seguntos para derreter.

Misture a gelatina ao chocolate com a água, junte o leite condensado e o creme de leite. Quando estiver homogêneo transfira a mistura para tacinhas ou para uma forma de gelatina ou pudim previamente molhada.

Leve à geladeira para firmar por pelo menos umas 4 horas antes de desenformar ou servir.

Várias pessoas perguntaram, a forma que eu usei foi essa aqui.

IMG_5867

 

 

As profissões mais importantes do mundo – mousse de chocolate da Simone

IMG_4240

Tenho uma amiga, produtora de TV, que namorava um médico. Muitas vezes ela tinha de trabalhar aos finais de semana, ou à noite, e o namorado médico ficava zangadíssimo, sem entender porque ela tinha que dedicar tanto tempo a uma profissão tão sem importância. E a coitada nem conseguia se defender direito, porque ele logo tirava da manga a cartada fatal: enquanto ela estava se matando para fazer programinhas de TV ele estava por aí SALVANDO VIDAS.

Claro que o namoro não teve futuro, porque né, que cara chato. Mas enfim.

Ontem, conversando com a minha amiga Simone Izumi, chocolatière de primeira linha (vocês já conhecem o blog dela né? Senão CORRÃO lá agora) cheguei à conclusão que ela está ali ó, pescoço a pescoço com os doutores. Veja: o que seria do mundo sem o chocolate gente? Às vezes só ele salva, e isso é fato sacramentado pela ciência, não sou eu que estou falando não.

E a mousse de chocolate da Izumi, minha gente, é salvadora de qualquer TPM e tristeza corriqueira porque, além de deliciosa, é fácil e rapidinha de fazer. A receita vem do livro dela, Loucuras de Chocolate, uma das melhores obras brasileiras que você vai encontrar nas prateleiras de gastronomia das livrarias.

Mousse de Chocolate (receita reproduzida do delicioso Loucuras de Chocolate, de Simone Izumi)

Rendimento: 6 porções

Ingredientes:

  • 270g de chocolate amargo ou meio amargo
  • 120g de manteiga
  • 75g de gema peneirada (gema de 5 ovos médios)
  • 195g de clara (clara de 5 ovos médios)
  • 90g de açúcar
  • Cacau em pó para polvilhar

Modo de fazer:

Derreta o chocolate meio amargp e a manteiga em banho-maria ou na potência média do micro-ondas por cerca de 2min30s ou até que esteja completamente derretido. Adicione as gemas peneiradas e bata bem com um fuet, até que a mistura fique homogênea.

Bata as claras em ponto de neve. Sem parar de bater, adicione aos poucos o açúcar. Com isso pronto, adicione cerca de 1/~3 desse merengue na mistura de chocolate e gema. Misture até incorporar bem, só então adicione o restante do merengue. Quando a mistura estiver homogênea, despeje em um refratário e leve para gelar por cerca de duas horas. Polvilhe cacau em pó antes de servir.

IMG_4301

 

Fazendo mágica – brigadeiro milagroso no banho-maria

Brigadeiro no banho-maria

 

As pessoas de modo geral acham que a vida da doceira é uma coisa fácil e fofa, um mundo cor de rosa que cheira a baunilha e os passarinhos ajudam a gente a decorar os bolos. Tipo a Branca de Neve.

Tanto que uma pergunta que a gente ouve muito é a famigerada: VOCÊ TRABALHA TAMBÉM OU SÓ FAZ DOCE?

Olha, é tudo fofo mesmo, e às vezes cheira a baunilha. E chocolate. Mas o que ninguém imagina é que para a fofura acontecer corre muito sangue, suor e lágrimas por aqui. Ok, talvez não o sangue e lágrimas só de vez em quando, mas tem muito fardo de farinha e açúcar pra carregar, muita embalagem pra comprar, muito trânsito pra pegar e muito, mas MUITO brigadeiro pra mexer.

E todas as vezes que eu tenho que mexer uma panela com 6 receitas de brigadeiro ao mesmo tempo me entrego a uma longa reflexão (longa mesmo, porque dar ponto em 6 receitas de brigadeiro de uma vez demoooooooora pacas): tem que existir um jeito mais fácil de fazer isso, não é possível.

Aí um dia desses, enquanto fazia um pudim, uma lampadinha se acendeu – e se eu colocasse tudo no banho-maria, será que daria certo?

Coincidentemente essa semana apareceu um post na minha timeline do FB de uma colega que faz doce de leite dessa forma – coloca o leite condensado numa forma e assa em no banho-maria, coisa que eu já tinha visto em alguns blogs de países gringos que não tem o costume de usar panela de pressão.

Então fui pra cozinha testar essa idéia – dei uma mexida na receita tradicional do brigadeiro, porque imaginei que como não teria a evaporação normal que acontece no brigadeiro de panela teria de colocar alguma proteína (farinha, gema de ovo ou leite em pó) para ajudar a ficar cremoso. Demorou bastante para dar ponto (ficou 2 horas no forno), mas enquanto isso fiz mil coisas e não fiquei com dor na mão de ficar mexendo o doce na panela, então acredito que tenha sido um EPIC WIN.

Meu amigo Thomaz (tem sempre um espertinho rs) me perguntou se não era mais fácil fazer no microondas. Eu não acho – no microondas dificilmente consegui um ponto perfeito para enrolar e em 80% das vezes o brigadeiro ferveu e sujou todo meu forno. Fora que só dá p fazer uma receita por vez.

Posto aqui então a receita que fiz como teste. Acredito que dê ainda para melhorar alguma coisa, só tempo e prática ajudarão a aperfeiçoar o processo e conto com a colaboração de quem quiser arriscar fazer e postar aqui suas impressões!

Brigadeiro Milagroso no Banho-Maria (versão Beta)

Se quiser dobrar ou triplicar a receita só tome o cuidado da forma não ficar muito cheia de brigadeiro – melhor se for uma forma maior e a massa fique mais espalhada, baixinha na forma, senão pode demorar muito para assar.

  • 1 lata de leite condensado
  • 1/2 caixinha de creme de leite UHT
  • 3 colheres de sopa de chocolate em pó
  • 4 colheres de sopa de leite em pó integral instantâneo (tem que ser esse senão não dá ponto)
  • 1 colher de sopa de manteiga derretida

Aqueça o forno a 200 graus e coloque uma forma com bastante água quente na grade mais baixa do forno. Numa forma redonda misture todos os ingredientes com um fuet. Tampe com papel alumínio e leve ao banho-maria (verifique se a água não está secando).

Depois de 1 hora de forno, abra o papel alumínio e misture bem. Leve ao forno por mais uma hora, repondo a água se necessário.

Ao fim das duas horas verifique se a mistura está pastosa e firme e dê uma boa misturada – a espátula ou fuet deverão deixar um rastro no creme que não se desmancha com facilidade.

Depois de frio fica assim:

IMG_3765

Se for colocar em copinhos ou rechear bolos utilize em temperatura ambiente. Para enrolar leve à geladeira para gelar.

IMG_3838

1 2 5
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.620 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: