chocolate

O meu brigadeiro 2.0

Já tem algumas receitas de brigadeiro aqui no blog, mas a verdade é que a experiência desses anos todos e a necessidade de agilizar a produção fazem com que a gente mude algumas coisas, troque de receita e vá adaptando processos para formas mais eficientes de trabalhar.

Esse brigadeiro não é para aqueles que querem um docinho puxa-puxa com gostinho de nescau, com tequinhos que grudam no dente – esse todo mundo sabe fazer, e quem não sabe: 1 lata de leite condensado, 3 colheres de achocolatado, 1 colher de manteiga, fogo médio mexendo sempre até desgrudar do fundo da panela. Se quiser aquelas pelota desgraçada que grudam na obturação deixe o fogo alto e vá lutando com o brigadeiro pra ele não queimar. Essa receita pode ter gostinho de infância mas não serve pra vender: açucara e dificilmente mantém o formato redondinho.

Vou deixar aqui a receita que tenho usado ultimamente – é macio, mais cremoso e não cristaliza mesmo depois de alguns dias.

Brigadeiro 2,0

Rendimento: 30 unidades

  • 1 lata de leite condensado
  • 90g de creme de leite de caixinha
  • 10g cacau em pó (ou 20g de chocolate em pó 50%)
  • 10g de leite em pó integral instantâneo
  • 25g de chocolate meio amargo picado
  • 15g de manteiga sem sal
  • chocolate granulado (procure os que são de chocolate de verdade, não vou indicar marcas, tá?)

Para fazer brigadeiro eu tenho uma panela de inox de fundo grosso, na minha opinião é a melhor para a tarefa, mas pode usar a que você tiver.

Na panela, misture bem o leite condensado, creme de leite, cacau e leite em pó. junte o chocolate meio amargo e a manteiga e leve ao fogo médio mexendo sempre com um fouet até começar a borbulhar e engrossar. Abaixe o fogo e continue mexendo sempre, agora com uma espátula de silicone, por mais ou menos 10 minutos, ou até a mistura ficar com uma consistência de creme de confeiteiro, desgrudando do fundo da panela. Não deixe cozinhar demais para não perder o ponto.

Passe a massa do brigadeiro para uma travessa rasa e cubra com plástico filme aderido à superfície do doce. Deixe esfriar e leve para a geladeira por uma hora ou até o dia seguinte se quiser.

Para enrolar, passe manteiga nas mãos, boleie porções no tamanho desejado e passe no chocolate granulado. Arrume em forminhas e sirva no mesmo dia, ou guarde em recipiente vedado por até 5 dias.

Biscoitos de Chocolate

Aqui em casa ainda temos uns dias de férias escolares e acho que aí na casa de vocês também, né?

A minha criança já está grande e se ocupa sozinha na maioria dos dias com seus livros, jogos e youtubers da vida, mas às vezes a gente ainda vai pra cozinha juntas – e essa receita de biscoitinhos de chocolate é uma das que a gente mais curte, porque são gostosos de fazer e de comer.

Servem também como base para biscoitos decorados – é a receita que eu uso para as encomendas e até para uma base de torta doce se for o caso.

Continuar lendo

Cobertura de Chocolate para Bolos + uma lista do que não pode faltar na sua cozinha

Das receitas que eu tenho postado lá no Instagram essa é um dos maiores hits – uma cobertura de chocolate tipo ganache, bem coringa, que não fica dura nem seca, dá ponto de bico e é brilhante e cremosa – um verdadeiro sonho para trabalhar e que deixa qualquer bolo lindo!

Aproveitando a deixa, vim contar pra vocês que publiquei um artigo muito legal no portal mybest com uma lista dos 10 utensílios/produtos que, na minha opinião, não podem faltar na cozinha de um confeiteiro ou confeiteira – muitos dos itens eu utilizei na receita dessa cobertura, então corre lá pra ver quais foram clicando nesse link.

Continuar lendo

1 2 12
%d blogueiros gostam disto: